Um bom dia para Portugal

Ideias

Nos últimos tempos são só notícias boas... Por isso resolvi ‘furtar’ a frase “hoje é bom dia para Portugal” ao ministro das Finanças, Mário Centeno, para falar da decisão da Comissão Europeia de recomendar o encerramento do Procedimento por Défice Excessivo aplicado a Portugal. O PDE foi aplicado em 2009, numa altura de crise profunda e no Governo de José Sócrates. Pouco depois entrou a Troika no nosso país (2011 a 2014 estivemos sob programa de assistência). Marcaram-se novas eleições e, em 2011, foi nomeado primeiro-ministro Pedro Passos Coelho. Foram quase 10 anos de sacrifícios, de apertar o cinto, etc, etc, etc... Sacrifícios impostos pelo Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia. Este ‘trio’ que, anos mais tarde, veio a mudar um pouco o discurso, uma vez que tanta rigidez dificultou (em muito) a recuperação do nosso país. Mas... adiante: Gostei do “é um bom dia para Portugal” de Mário...

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia