Oficina de Teatro da ESCA - OUTRARTE

Voz às Escolas

As potencialidades do teatro e da expressão dramática são há muito reconhecidas na formação dos nossos jovens e no desenvolvimento dum conjunto alargado de competências que contribuem para o seu sucesso escolar, entre as quais podemos destacar as competências comunicativas (compreensão e interpretação de enunciados orais e escritos, expressão oral e corporal); as competências socioafetivas (sociabilidade, espírito de grupo e de cooperação, responsabilidade, autoestima, iniciativa, espírito crítico, sentido estético, criatividade); competências relacionadas com a recolha e tratamento de informação (desenvolvimento de técnicas de memorização; utilização de técnicas de pesquisa, registo e organização da informação no âmbito dos projetos teatrais a desenvolver).

Desenvolvidas num contexto lúdico, inerente à especificidade da atividade teatral, estas competências facilitam a adesão e a motivação dos jovens e proporcionam-lhes uma forma de ocupação dos tempos livres saudável, social e culturalmente relevante.
Ao longo dos sete anos da sua existência, a Oficina de Teatro OutrArte tem contado com o apoio de toda a comunidade e da direção, que manifestou, desde a primeira hora, interesse e disponibilidade para o desenvolvimento deste projeto que visa, fundamentalmente, desenvolver o sentimento de pertença a uma comunidade educativa através dos afetos; utilizar a expressão individual e de grupo, enquanto comunicação mobilizadora da afetividade, das emoções e do comportamento social; promover o desenvolvimento harmonioso do indivíduo como ser social e cooperante; estabelecer um clima de bom relacionamento interpessoal; dar espaço à afirmação das capacidades de cada elemento do grupo; abrir espaços de circulação entre os vários saberes e disciplinas, a realidade curricular e extracurricular, a escola e o meio; criar, anualmente, um espetáculo ou ações que envolvam e impliquem a comunidade escolar e que promovam o relacionamento com o exterior.

Infelizmente, e apesar de dispor de equipamento de som e de luz, as novas instalações da ESCA não foram contempladas com um espaço que permita, nas melhores condições, a apresentação dos espetáculos produzidos na oficina; e é pena, porque nela participam alunos que, uma vez por semana, durante 90 minutos, largam tudo para se entregarem à magia do teatro, “outrando-se”. No entanto, a OutrArte participou, pelo sétimo ano consecutivo, na Mostra de Teatro Escolar, para apresentar o seu exercício final e porque acreditamos que importa formar públicos. E quanto mais cedo, melhor. Por isso, também, têm sido estabelecidos protocolos e parcerias com outras instituições, para ultrapassar esses constrangimentos.

Com meios mínimos e uma mensagem forte, os outrartistas têm conseguido despertar no público profundas emoções: quando o pano sobe e as luzes iluminam o palco, ergue-se a voz, fala o corpo, vibra a música; faça-se silêncio. E é no silêncio que os outrartistas gostam de dar ao público o melhor de si. Sempre.

Este ano, a OutrArte apostou na sensibilização da comunidade educativa para a existência das perturbações do espetro do autismo (PEA). Para melhor as conhecer, os OutrArtistas contactaram com alunos da unidade do autismo, com pais de jovens autistas e com os profissionais da escola - funcionários e professores - que se dedicam, de corpo, alma e coração, a estes jovens. Muitos participaram na marcha pelo autismo, com largada de balões, no dia 2 de abril, que a Assembleia Geral das Nações Unidas designou, desde 2008, como Dia Mundial da Consciencialização do Autismo, tendo escolhido a cor azul celeste para o simbolizar (Light it up blue!).

O resultado do trabalho levado a cabo na sessão semanal da Oficina de Teatro, constituída por 42 alunos do 7º ao 12º ano foi apresentado no Theatro Circo, no dia 3 de maio, designado OMSITUA - Os dois lados do espelho.
Todos os espectadores consideraram uma apresentação excelente.
Parabéns a todos!

*Agradeço a colaboração da professora Deolinda Mendes, responsável pelo OutrArte

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Voz às Escolas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia