“Mérito e Excelência”

Voz às Escolas

autor

João Andrade

contactarnum. de artigos 33

Nas duas últimas sextas-feiras, dias 9 e 16 de junho, entregamos, em ambiente de festa com as respetivas famílias, os Prémios de Mérito Académico aos nossos alunos com melhores classificações académicas nos primeiro (somente 4.º ano), segundo e terceiro ciclos, bem como no Ensino Secundário (Cursos Científico-Humanísticos e Cursos Profissionais).

De entre os mais de 3000 alunos do Agrupamento, foram estes 98 alunos do ensino básico e 93 do ensino secundário que alcançaram as classificações académicas que os elevaram a tal patamar. De acordo com o respetivo regulamento, tal implicou, para os mesmos, e simplificando, obter média aritmética arredondada igual a 5 no ensino básico (no 9.º ano devem obter, ainda, pelo menos nível quatro em cada uma das provas finais da avaliação externa) e média geral de classificação interna igual ou superior a 18 valores, sem arredondamento, no ensino secundário.

Cumulativamente, não podiam apresentar classificação negativa a nenhuma disciplina, nem faltas disciplinares.
Já no final do mês transato, no dia 31 de maio, decorreu a cerimónia de entrega das Bolsas de Excelência da Universidade do Minho, no magnífico salão medieval da Reitoria, no Largo do Paço. Foi com imenso agrado que constatamos que, dos 38 alunos que apresentaram melhor classificação de ingresso nos respetivos cursos, oriundos de toda a abrangência da Universidade do Minho, seis eram alunos da Escola Secundária Alberto Sampaio: o João Imperadeiro, a Ciências da Computação; a Rita Morais, a Estatística Aplicada; o Alexandre Cunha, a Engenharia e Gestão Industrial; o João Carvalho, a Engenharia Mecânica; a Ana Pires, a História; e a Mariana Silva, a Línguas Aplicadas.

Estes foram os alunos que, através do seu esforço, sacrifício e dedicação pessoal, bem como da retaguarda das suas famílias e empenho dos seus professores, atingiram o patamar classificativo que lhes permitiu o meritório reconhecimento público das instituições que integram ou integraram.
A todos eles, o nosso muito obrigado por todo esse seu esforço e dedicação, que tornou também evidente todo o esforço e dedicação desta comunidade educativa que os sustentou no seu percurso. Mas assim como o esforço, felizmente, desta comunidade não se esgotou neles, também o mérito - e o nosso agradecimento, porque para nós reconhecer o mérito é, antes de tudo, agradecer - também não se esgotou neles.

Como bem assinalaram os alunos da Associação de Estudantes da ESAS na cerimónia de entrega de prémios, existe imenso mérito numa imensa plêiade de alunos que, eventualmente por não disporem do adequado enquadramento social ou familiar, ou por algum acidente de percurso ou outro imponderável, apesar do seu superior esforço, não atingiram o patamar que lhes desse o reconhecimento público, apesar de uma imensa progressão. A todos esses, anónimos, mas claramente não menos merecedores, também o nosso muito obrigado pelo seu Mérito.

Mérito que não se esgota aqui. Mérito (obrigado!), ainda e precisamente, por exemplo, aos jovens que integram a Associação de Estudantes que, com imensa maturidade, tem sido um auxiliar precioso na concussão do último ano letivo. Mérito às nossas Associações de Pais, que articulando com eles e com as escolas, têm permitido levar a bom porto tantos projetos. Mais Mérito? (e sempre, onde está a palavra Mérito leia-se obrigado), a todos os meninos e meninas da Ginástica Acrobática, especialmente os da competição, que, com imenso sacrifício, conciliam o sucesso desportivo com resultados escolares de relevo.

Mérito extensivo a todos os outros alunos, tantas vezes anónimos, que em outras modalidades desportivas, cursos ou oficinas extracurriculares se empenham e elevam o nome do nosso Agrupamento. A título de exemplo: em cada evento que organizamos (como os primeiramente referidos), muito mérito (obrigado, mais uma vez!) dos nossos alunos dos Cursos Profissionais de Turismo e Secretariado, incansáveis na sua organização e suporte. Estamos certos que, em edições subsequentes e porque justamente o nosso regulamento assim o permite, também todos estes - e muitos outros que aqui eventualmente não referi- mos - terão o seu mérito reconhecido.

E os professores e funcionários deste Agrupamento, que dia a dia, em espírito de missão, propiciam todo o mérito que temos referido? Quase no término deste ano letivo - pleno -, é para eles, pertinentemente, o nosso obrigado final: Muito Mérito!

vote este artigo

 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos desta categoria - Voz às Escolas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia