Correio do Minho

Braga, sexta-feira

A Estratégia de Desenvolvimento para a Região Norte - Norte 2020

A Casa de Chocolate

Ideias

2015-06-20 às 06h00

Vasco Teixeira

A Região Norte situa-se num espaço frequentemente designado por Eixo Atlântico, território marcado por contrastes significativos entre o nível de desenvolvimento dos grandes pólos urbanos do litoral e do vasto território predominantemente rural do interior, e onde a população se concentra cada vez mais em cidades âncora de dimensão relativamente reduzida.

A Região Norte concentra a população mais jovem do Continente (cerca de 42%). Destaca-se a especialização industrial dos ramos do têxtil, calçado, vestuário, madeira e cortiça. Na agricultura salienta-se a posição de liderança da região nos setores do leite e dos vinhos (o vinho do Porto é o principal produto de exportação agrícola nacional e a região demarcada dos vinhos verdes é uma das maiores do mundo). A Região Norte apresenta um PIB per capita de 80,5% da média nacional (2011), sendo a região NUTS II mais pobre do país, à luz deste indicador.

A Estratégia Europa 2020 lança novos desafios às regiões europeias, traduzidos na agenda temática definida pela Comissão Europeia para o período de programação estrutural até 2020 que visa a promoção de um crescimento inteligente, sustentável e inclusivo, alicerçado em 11 grandes objetivos temáticos que integram um total de 57 prioridades de investimento.
O crescimento da economia portuguesa dependerá muito da capacidade de se estimular a competitividade a nível regional.

A aposta numa Região do Conhecimento e da Inovação, reforçada pelo investimento em Educação, I&D e Inovação é fundamental para o crescimento económico, competitividade das empresas e para o desenvolvimento da Região Norte. Perante o novo enquadramento comunitário, a Região Norte e seus organismos reconheceram a necessidade de delinear a sua estratégia de desenvolvimento sustentável 2020, uma estratégia com futuro, de ação coletiva, com base numa abordagem ampla, transdisciplinar e integradora de ideias e projetos.

Os Programas Operacionais Regionais atendem às especificidades de cada região, desempenhando um papel fundamental na proximidade aos territórios ao seu tecido institucional e empresarial e numa visão de conjunto dos problemas, das soluções, desafios e oportunidades. Um dos grandes objetivos é alcançar a convergência com as outras regiões europeias, ou seja, no caso da região Norte, que passe dos atuais 62,2% para 75% do PIB per capita médio da UE.

A Estratégia de Desenvolvimento Regional Norte 2020 visa dar resposta aos desafios lançados na Estratégia Europa 2020, aproveitando as oportunidades de financiamento da política de coesão 2014-2020, mas também integradora de um amplo conjunto de projetos e iniciativas cruciais ao desenvolvimento sustentável da região.

O Norte 2020 como uma Estratégia com Futuro para a região Norte, será o grande desafio mobilizador para projetar a nossa região num horizonte de crescimento inteligente, inclusivo e sustentável, de geração de emprego e coesão, de atração pelos investimentos regionais. O Norte 2020 marcará o futuro do Norte e exigirá uma articulação entre os principais atores institucionais da região, terá de envolver parcerias sólidas e ativas com as comunidades locais desenvolvendo potenciais sinergias e complementaridades entre os vários instrumentos de financiamento numa abordagem estratégica e integrada.

As prioridades do Norte 2020 orientam-se para a prossecução de um:
i)“Norte +Competitivo” potenciando os fatores dinâmicos de competitividade
ii) “Norte +Sustentável” promovendo o crescimento sustentável
iii) “Norte +Inclusivo” reforçando a inclusão social e territorial
iv) “Norte em Rede” qualificando o modelo de governação regional

No domínio da inovação e competitividade pretende-se promover a constituição e consolidação de uma rede regional de infraestruturas de suporte à I&D, inovação e competitividade, é fundamental para a criação e reforço das condições de competitividade da Região Norte, contribuindo, desta forma, para melhorar as condições de enquadramento da atividade produtiva e o incremento da cadeia de valor das atividades económicas regionais.

O Norte 2020 estimulará maiores laços de cooperação entre as universidades e centros tecnológicos com o tecido sócio-económico para assim fortalecer a base científico-tecnológica das empresas e contribuir para a promoção da competitividade através da especialização inteligente.

Para isso, cada região deve desen¬volver as designadas Estratégias de Inovação Regionais para a Especialização Inteligente (RIS3). São agendas de transformação económica integradas de base local, para que os Fundos Estruturais possam ser utilizados mais eficientemente e a que as sinergias entre as políticas europeias, nacionais e regionais, bem como os investimentos públicos e privados, possam ser intensificadas.

As estratégias RIS3 asseguram que os recursos de investigação e inovação alcançam uma massa crítica ou um potencial crítico, apoiando-os através de ações específicas para desenvolver recursos humanos e infraestruturas no domínio do conhecimento. Por isso é crucial concentrar esforços em domínios com verdadeiro potencial e valor do que dispersar investimentos por áreas não relacionadas.

A análise levada a cabo pela CCDR-N identificou 8 domínios de Especialização Inteligente: Ciências da Vida e Saúde; Recursos do mar e Economia; Cultura, Criação e Moda; Sistemas Avançados de Produção; Indústrias da Mobilidade e Ambiente; Sistemas Agroambientais e Alimentação; Capital Simbólico, Tecnologias e Serviços do Turismo; Capital Humano e Serviços Especializados.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

24 Maio 2019

Vote

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.