Correio do Minho

Braga,

- +

Boas práticas para uma eficiente utilização da água

O amor nos tempos da cibernética

Escreve quem sabe

2011-04-08 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

Poupar água é não desperdiçá-la em consumos inúteis a que muitos se foram habituando ao longo dos anos. Para poupar, consumindo apenas a quantidade que realmente se necessita nas actividades diárias, é essencial corrigir os maus hábitos.
Devemos lutar contra a escassez de água, eliminando as situações de desperdício. Neste sentido, seguem-se algumas orientações ou “boas práticas” para o uso mais eficiente da água em edifícios.

Cozinha e lavandaria:
- Assegure-se que a máquina de lavar louça só é utilizada quando está cheia.
- Não passe a louça por água antes de a colocar na máquina. Antes de colocar na máquina os pratos, tachos, panelas ou frigideiras, retire os restos de comida. Se necessário deixe-os de 'molho'.
- Evite lavar a louça à mão. Quando não existe máquina da louça, dever-se-á encher o lava-loiça apenas com a água necessária. Não deixe a água a correr continuamente.
- Reutilize a água que sobrou de cozer ovos, das chaleiras eléctricas, de lavar vegetais, desumidificadores, etc., para regar as suas plantas.
- Cozinhe os legumes ao vapor em vez de os cozer em água. Além de gastar menos água, conseguirá reter mais vitaminas na comida. Também poderá reutilizar a água de cozer vegetais para fazer sopa.
- Descongele a comida no frigorífico, e não numa bacia com água ou na banca. Além de poupar água, o frio do congelado passa para o frigorífico que terá que funcionar menos vezes, poupando assim alguma energia eléctrica.
- Verifique o fecho correcto das torneiras após o uso (não deixando a pingar). Se houver fuga e a torneira pingar, arranje-a o mais rapidamente possível.
- Sempre que tiver de comprar torneiras, invista nas de baixo caudal ou com filtros (também poderá comprar esses filtros e colocá-los nas torneiras mais antigas). Prefira as torneiras misturadoras ou de monocomando.
- Quando lavar roupa, use uma bacia ou tape o tanque, em vez de a enxaguar com a água a correr.
- Na aquisição de uma máquina de lavar louça ou roupa, deverá ter em conta os modelos mais eficientes em termos de economia de água e de energia (eficiência A ou B).
- Efectue apenas lavagens com a carga máxima. Uma máquina bem cheia consome menos água do que duas com a carga incompleta.
- Não utilize programas com ciclos desnecessários (pré-lavagem). Seleccione os programas de menor consumo de água e energia (ECO).
Casa de banho:
- Prefira os banhos de chuveiro aos banhos de imersão. Feche a torneira durante o período de ensaboamento.
- Troque o chuveiro tradicional (13 L/min) por um novo de baixo caudal (7 L/min), amortizá-lo-á em 1 ano.
- Evite, sempre, as fugas. Um autoclismo com perdas de água pode chegar a gastar cerca de 379 litros de água por dia.
- Enquanto está à espera da água quente, encha um balde para depois utilizá-la numa des-carga da sua sanita ou na rega de plantas.
- Feche a torneira enquanto lava os dentes ou enquanto desfaz a barba.
- Coloque, quando possível, uma ou duas garrafas de água cheias no interior, dentro do depósito do seu autoclismo.
- Substitua autoclismos velhos por modelos de baixo consumo de água. Opte pelos modelos de descarga diferenciada (2 botões - 3 e 6 L).
- Coloque o lixo num balde apropriado para esse fim, evitando deitar lixo na sanita e a descarga associada.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.