Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

Condução eficiente

Opções muito discutíveis

Escreve quem sabe

2011-12-20 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

Nas cidades, 50% das viagens de carro são menores a três quilómetros e 10% que 500 metros. Mais de 75% das deslocações urbanas realizam-se em veículos privados apenas com um ocupante, sendo que o índice médio de ocupação é de 1,2 pessoas por veículo. Uma condução eficiente, para além de uma melhoria do conforto, um aumento de segurança e uma diminuição do tempo de viagem, permite poupar, em média, 15% de combustível e de emissões de CO2, bem como menores custos de manutenção então:

- No momento da escolha da sua habitação tenha em conta os factores de mobilidade, possibilitando a minimização do transporte.

- Sempre que possível ande a pé e/ou de bicicleta. Aproveite o bom tempo e melhore a sua saúde.

- Os transportes públicos (autocarro, metro, etc.) são na maioria dos casos a solução mais económica e ambientalmente mais correcta. Os transportes públicos consomem 1/3 da energia necessária para transportar o mesmo número de passageiros de automóvel. Estas diferenças de eficiência acentuam-se em trajectos urbanos.

- Nos trajectos curtos, a bicicleta até pode ser mais rápida do que o automóvel.

- Para viagens longas dê preferência ao comboio, energeticamente mais eficiente e confortável do que a viatura própria e também que as camionetas e bem mais sustentáveis do que os aviões.

- O trânsito é actualmente o principal foco de ruído nas cidades, um problema agravado pelo crescimento do mercado automóvel, e com todas as conhecidas consequência para a saúde humana.

- Quando a utilização do automóvel for imprescindível, então:

- Prefira carros de baixa cilindrada e eficientes ou, se possível, eléctricos ou híbridos.
- Na altura da compra deverá informar-se sobre a cilindrada, o valor de emissão de CO2 e, caso seja a gasóleo, saber se tem filtro de partículas.

- Abasteça nas horas mais frescas, para reduzir a libertação de COV (compostos orgânicos voláteis).

- Se possível use gasóleo com mistura de biodiesel mas proveniente de resíduos (de óleos alimentares usados, por exemplo).

- Verifique a pressão dos pneus do seu automóvel.

- Mantenha o motor afinado.

- Não carregue objectos desnecessários no tejadilho nem na bagageira.

- Informe-se sobre as condições de trânsito para assim poder evitar engarrafamentos.

- Promova a partilha do automóvel, com vizinhos, colegas de trabalho, etc.

Pratique eco-condução:

- Ao colocar o motor a trabalhar não carregue no acelerador e, nos motores de gasolina inicie logo a marcha, nos de gasóleo, espere uns segundos.

- A 1.ªa velocidade deve ser usada unicamente no início da marcha, passando para a 2.ª cerca de 2 segundos ou 6 metros depois.

- Circular sempre com a mudança mais elevada e a baixas rotações. Troque de mudança: nos motores a gasolina entre as 2000 e 2500 rpm e, nos motores a gasóleo entre as 1500 a 2000 rpm.

- Manter a velocidade o mais uniforme possível, evitando travagens, acelerações ou passagens de caixa desnecessárias.

- Para desacelerar, levantar o pé do acelerador e deixar o carro rodar com a mudança engrenada, sem reduzir.

- Sempre que a velocidade e o espaço o permitam, abrande sem reduções de caixa e trave de forma suave e progressiva.

- Em paragens por mais de 30 segundos - desligue o motor.

- Conduza sempre com uma distância de segurança adequada (em função da velocidade e das condições) e garanta um campo de visão que lhe permita ver dois ou três carros à frente, assim pode prever o que vai acontecer, antecipando as manobras seguintes, tornando a condução mais segura.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

22 Outubro 2019

Mitos na doença mental

22 Outubro 2019

Voltar ao início

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.