Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Conselhos para poupar no jardim

O sofisma

Escreve quem sabe

2014-10-25 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

Nesta época de crise é essencial adoptar um conjunto de soluções que viabilizem a manutenção do jardim com poucos gastos. O jardim pode vir a consumir bastante água se não for bem planeado mas existem muitas soluções para evitar gastos desnecessários! Está habituado a poupar em casa? Agora tem a oportunidade de adoptar a mesma postura no jardim, na altura da manutenção do jardim, tratar pragas, cortar a relva, adubar…

Veja como:
Escolha espécies rústicas e autóctones: madressilva, urze ou loendro são apenas algumas espécies de plantas que têm em comum necessitarem de pouca água e que se enquadrem na paisagem circundante.

Não ao relvado: o relvado exige muitos recursos. Não gaste água para regar a relva. Pode, em vez de relvado, semear prado, colocar gravilha ou empedrado, entre outros materiais.
Relvado rústico: se faz questão em ter um relvado, opte por este pois, além de nunca ficar amarelado, contribui para economizar materiais de manutenção, como adubos minerais e até muitas horas de máquina porque cresce menos.
Guarde a água da chuva: pode colocar grandes recipientes onde reserve a água que vem das caleiras e aproveitá-la depois para rega.
Como descobrir fugas de água: por vezes, as fugas de água não são facilmente detectáveis. Vá ao contador, com todas as torneiras do jardim fechadas, a roda deve estar completamente parada. Se estiver em movimento… há fuga.

Água apenas nas plantas: quando se trata de regar maciços, sebes ou jardineiras, a solução mais aconselhável é a rega gota-a-gota.
Em caso de chuva use o botão “rain”: para poupar é imprescindível aproveitar todos os recursos ao nosso alcance, portanto corte a rega quando chover.
Menos terracota: para controlar melhor o gasto de água no jardim, uma boa solução é não utilizar demasiados vasos de terracota pois a água é absorvida pelas suas paredes. Sempre que possível plante directamente no terreno.

Plante espécies de sombra: um dos segredos para poupar água no jardim é manter uma boa sombra, que se consegue plantando árvores e deixando-as crescer. Aos seus pés reina a frescura, sendo a rega menos necessária. Do mesmo modo, as plantações de flores e de arbustos devem ser bastante densas, sombreando o solo e proporcionando humidade relativa ao ar.
Protecções: existe uma técnica agrícola para cultivar fruteiras que consiste em fazer grandes alporques junto de cada árvore e encher com palha. Pode fazer o mesmo no jardim para todos os exemplares arbustivos e arbóreos.

Não use mangueiras demasiado compridas: quanto maior o percurso da água na mangueira menor o caudal. Utilize mangueiras curtas, mais fáceis de controlar.
Regue apenas nas horas mais frescas: se pretende regar o relvado, deve colocar em marcha os aspersores 30 minutos durante o dia ou 15 à noite. O consumo de água das plantas mede-se por evapotranspiração e este parâmetro dispara com o calor do dia, que é quando a água mais evapora.

Opte por trabalhar à mão: faça todos os trabalhos de criatividade ou de manutenção do jardim, sempre que possível, à mão. Desta forma não desperdiça recursos naturais preciosos e a sua saúde agradece.

Luz de baixo consumo: não há desculpas para não instalar lâmpadas de baixo consumo e baixa temperatura no jardim. Escolha LED e a factura da electricidade vai reduzir enormemente!
Máquinas pequenas para jardins pequenos: quando necessita e adquirir equipamento, tenha sempre em conta a dimensão do jardim e/ou da área a intervencionar. Além de poupar dinheiro na aquisição do equipamento, vai reduzir os respectivos consumos energéticos porque as máquinas grandes exigem muitas manobras para trabalhar em áreas pequenas.

Hidrolimpadora básica: com estes equipamentos, poupa energia e água. A limpeza de caminhos pavimentados, estufa e armazém ou garagem deve ser feita com hidrolimpadores de alta pressão. Com duas gotas de água e pouco consumo de electricidade consegue limpar melhor e de forma económica.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.