Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Dish Mob Portugal - movimento para a promoção do empreendedorismo

A Casa de Chocolate

Ideias

2015-03-28 às 06h00

Vasco Teixeira

O Dish Mob Portugal é um movimento cívico sem fins lucrativos, que pretende promover, através do debate e ações de divulgação, o empreendedorismo (incluindo o social), a inovação, a solidariedade, a cultura e arte, a criatividade, o networking, as empresas e os produtos e serviços regionais e nacionais. Estas iniciativas são organizadas por grupos regionais e são complementadas com jantares mensais temáticos de networking, nos quais se procura divulgar a oferta gastronómica regional e valorizar os produtos artesanais.

Este movimento foi fundado em Braga há cerca de 2 anos e o seu núcleo designa-se “Dish Mob Braga”. É, sobretudo, através das redes sociais que os membros interagem, divulgando iniciativas, ideias de negócio, workshops de empreendedorismo e participando em discussões. Também interagem em modo presencial, através da participação nos jantares temáticos, que incluem debates e apresentação de “pitchs” por empreendedores e/ou de novos produtos dos empresários que estão integrados na rede Dish Mob.

O Dish Mob Braga é um dos maiores movimentos cívicos de Braga. Com mais de 3000 membros, os Dish Mobbers, assumem um papel interventivo em prol do desenvolvimento económico da região incentivando o empreendedorismo e a inovação.
Outros grupos regionais já foram entretanto criados e começam a organizar os seus primeiros jantares debate e de networking: Dish Mob Porto, Dish Mob Guimarães, Dish Mob Viana do Castelo, Dish Mob Vila Verde, Dish Mob Ponte da Barca, havendo outras cidades portuguesas em negociações para criarem o seu grupo.

A maioria dos jantares temáticos já promovidos esgotou em poucos dias. Nos eventos Dish Mob Braga divulgaram-se mais de três dezenas de novas empresas em Braga e abordaram-se temas importantes e estratégicos para o desenvolvimento da região, tais como o papel da comunicação social no desenvolvimento da inovação e do empreendedorismo regional, o planeamento urbano, o papel da InvestBraga, empresas de base tecnológica, a saúde, a moda, entre outros.

Um dos jantares esgotados em 2014 (com cerca de 200 inscritos) foi precisamente sobre a revitalização da cidade de Braga e mapeamento de oportunidades para a cidade, em particular para o centro histórico. Arquitetos, agentes imobiliários, criativos, empreendedores, proprietários, investidores, associações locais e construtores marcaram presença neste jantar debate, que contou também com a participação de Ricardo Rio, Presidente da Câmara de Braga, no painel de convidados para o debate, e onde se pensou a cidade e se definiu um plano de oportunidades de desenvolvimento.

Refiram-se, por exemplo, os 2 últimos jantares e os seus programas. No passado dia 6 de março o movimento Dish Mob Braga organizou um jantar debate intitulado “Dish Med” que teve como objetivo sensibilizar e informar os cidadãos para os novos paradigmas da saúde, que podem mudar a vida de cada um. O debate, que contou com vários especialistas nacionais ligados à saúde e à gestão hospitalar, teve como tema principal: ”Como articular no futuro o trinómio: Gestão do Setor da Saúde, Evolução da Medicina e as Exigências dos Cidadãos”.

Dados recentes mostram que em 2014 fizeram-se 8,48 milhões de consultas hospitalares e um total de 6,1 milhões de casos urgentes atendidos. Debateu-se sobre o desafio da sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde, investimento público e privado na saúde, empreendedorismo e inovação na área biomédica (estiveram representadas no debate, por exemplo, as empresas PeekMed, NanoDelivery e SmartInovation).

O mais recente jantar temático Dish Mob Braga ocorreu a 26 de março no Hotel Meliã e intitulou-se “Dish Moda” já que o seu tema foi sobre a Moda e os criadores da região de Braga, com um debate sobre o papel de Braga no Ecossistema Global da Moda. Existe um potencial ecossistema da moda resultado da união estratégica entre o Norte de Portugal e a Galiza. Desde meios produtivos de alta qualidade e complexidade, a avançados têxteis técnicos com uso de nanotecnologia (já com algumas empresas da região com produtos no mercado), ao cluster da Moda, até ao maior grupo de retalho do mundo.

No evento Dish Moda decorreram diversas atividades: exposição sobre 'Portugal definitivamente! A nossa indústria da moda orgulha-nos”, encontro de blogger e designers, e até um casting para encontrar os rostos para os novos ténis da conhecida marca portuguesa SanjoLovers. Antes do jantar de networking teve lugar o debate sobre o tema 'Fazer de Braga um hub criativo da indústria da Moda”.

A importante fileira da Moda, constituída pelas indústrias de têxtil, vestuário, calçado e da joalharia e ourivesaria, assegura 14% das exportações nacionais, sendo responsável por 5,1% do emprego. São quase 17 mil empresas, que dão emprego a mais de 190 mil trabalhadores e que faturam mais de 7 mil milhões de euros ao ano.

A aposta na inovação, design, criatividade e qualidade deverá ser uma estratégia para que a indústria da moda portuguesa consiga tornar-se mais competitiva e aumentar o seu caráter exportador. Uma colaboração efetiva entre a indústria têxtil, os criadores, as universidades e os centros de investigação tecnológicos deve ser prioritária para se atingir o objetivo de criar mais marcas fortes nacionais que possam competir no mercado internacional.

O movimento Dish Mob promete manter o dinamismo em 2015 com temas de interesse para a região, estando previstos eventos ligados a temas tão diversos como smart cities, turismo, internacionalização e empreendedorismo juvenil.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

24 Maio 2019

Vote

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.