Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Espanha: o avanço do Vox

O valor das pessoas (2.ª parte)

Espanha: o avanço do Vox

Ideias

2019-11-12 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro

O Partido Socialista Operário Espanhol venceu as eleições legislativas de domingo, em Espanha, mas não alcançou a maioria absoluta e perdeu deputados em relação às eleições anteriores (três). O resultado acabou por complicar ainda mais as possíveis coligações e o grande vencedor acabou por ser o Vox (extrema direita) que passou a ter 52 deputados (duplicou a sua força dentro das ‘Cortes’ já que tinha alcançado 24 deputados nas eleições de Abril). E este resultado deixa-nos a pensar e, ainda mais os espanhóis. Uma subida em flecha a acompanhar muitos outros partidos na Europa. A extrema direita a galgar lentamente em todos os parlamentos. Isso é bom? Claro que não. Nenhum extremismo é bom, seja de direita ou de esquerda, nem os populismos... Mas estas eleições em Espanha são mais um alerta para os partidos tradicionais, do arco da governação, que têm que mudar as suas linhas programáticas, o seu modo de actuar porque os eleitores já começam a estar fartos de tantas promessas não cumpridas e de tantos escândalos.

Sim escândalos políticos que acabam por decepcionar qualquer eleitor. Por isso, e para começar são os partidos que passam pelos sucessivos governos os principais culpados e, por isso, têm de mudar a suas condutas. E é preciso não esquecer que o voto é a maior liberdade que temos e se, no caso espanhol, o Vox teve uma subida enorme, isso significa que foi com o voto dos espanhóis, por certo não por gostarem do partido, mas como forma de protesto. Mas não pode ser assim. Assim não vamos a lado nenhum. É preciso não esquecer que grandes ditadores chegaram ao poder através de eleições livres... e nem a propósito: faz hoje 86 anos que o Partido Nazi de Adolf Hitler reforçou a liderança com a vitória nas eleições alemãs.
Quem te avisa teu amigo é!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.