Correio do Minho

Braga,

Estado do ambiente em Portugal melhora com resultados da Braval

Ilusões

Ideias

2018-06-13 às 06h00

Pedro Machado

Foi apresentado, na semana passada, o Relatório do Estado do Ambiente (REA), pelo Sr. Ministro do Ambiente que se mostrou preocupado com os resultados. Ainda estamos aquém de alcançar as metas preconizadas no PERSU 2020, quer na deposição de resíduos em aterro, quer para a reciclagem e reutilização.
Segundo o REA, cada cidadão em Portugal continental produziu 1,32 quilogramas de lixo por dia, em 2017, totalizando 4,75 milhões de toneladas, mais 2,3% que no ano anterior. Relembre-se que a meta, no PERSU 2020, é uma redução de 10% da produção de resíduos, em relação aos resíduos produzidos em 2012, com este resultado, podemos constatar que estamos muito longe de atingir.
Na área da Braval, este resultado é bem melhor, cada habitante de Amares, Braga, Póvoa de Lanhoso, Terras de Bouro, Vieira do Minho e Vila Verde produziu, em média 1,09 kg de lixo por dia. Apesar de tudo, este número é ligeiramente superior a 2016, foram produzidas mais 2.347 toneladas, mais 2,1% do que em 2017.

Apesar de ainda não cumprir todas metas para 2020, a Braval tem-se aproximado dos valores exigidos, cumprindo já os 53 kg/habitante de retomas com origem na recolha seletiva. Relativamente à redução de deposição de resíduos biodegradáveis em aterro, a média nacional ficou pelos 43%, na área da Braval chegamos aos 40%, reduzindo dos 61% em 2016, devido ao funcionamento cada vez mais otimizado, e durante a totalidade do ano, da Unidade de Tratamento Mecânico e Biológico, que foi inaugurada em fevereiro de 2016.
Resumindo, na área da Braval, as metas e respetivos resultados de 2017 foram os seguintes:
- Meta: 80% de preparação para reutilização e reciclagem (Resultado 2017: 73%);
- Meta: 10% de resíduos biodegradáveis em aterro (Resultado 2017: 40%);
- Meta: 53kg/habitante/ano de retomas com origem na recolha seletiva (Resultado 2017: 53kg/hab/ano).

Estes resultados, mais positivos que a média nacional, são conseguidos pelo trabalho constante da Braval, desde a sua criação, e seus municípios acionistas em apostar numa forte rede de ecopontos e, cada vez mais, na sensibilização ambiental, não apenas para a reciclagem, mas também para a redução de resíduos, como é o caso da compostagem doméstica.
A Braval é, na sua área geográfica, coordenadora da Semana Europeia da Prevenção de Resíduos, há já alguns anos, como forma de alertar também para a necessidade da redução da produção de resíduos, tendo cada vez mais ações desenvolvidas na nossa área.
Se estes resultados nos deixam satisfeitos por estarmos acima da média nacional, também nos deixam alerta para continuar a trabalhar pois as metas ainda não foram atingidas e 2020 está quase aí.
Claro que este trabalho só dá frutos pela colaboração da população, compreendendo que é essencial a preocupação com o Ambiente e a correta separação dos resíduos, sabendo que a sua contribuição é fundamental.
Contamos consigo, juntos vamos conseguir cumprir as metas.
Ajude-nos, ajudando-se!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

20 Julho 2018

Calouste Gulbenkian

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.