Correio do Minho

Braga, sexta-feira

Investimento, Crescimento e Emprego - Desafios da InvestBraga

A Casa de Chocolate

Ideias

2014-03-08 às 06h00

Vasco Teixeira

Foi apresentada em 6 de março pela Câmara Municipal de Braga a InvestBraga - Agência para a Dinamização Económica, a agência municipal que vem substituir o PEB- Parque de Exposições de Braga. A InvestBraga tem como objetivo a atração de investimento e a promoção do empreendedorismo.

Resulta de uma visão estratégica de Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga, para um crescimento sustentável, em que a componente da atividade económica e do emprego é a prioridade. Esta importante iniciativa assenta numa estratégia de desenvolvimento regional que passa pelo desenvolvimento económico, no apoio às atividades económicas que geram e mantêm o emprego.

Carlos Oliveira, ex-secretário de Estado do Empreendedorismo, Competitividade e Inovação, assumirá a função de Presidente do Conselho de Administração. Humberto Carlos é o Administrador da InvestBraga e Tiago Sequeira o diretor executivo.
“Tornar Braga num território competitivo, com tecido económico rico e diversificado e com oportunidades de criação de emprego” é o desafio que, na opinião de Ricardo Rio está confiada à InvestBraga.

Também tomaram posse os membros do Conselho Estratégico do InvestBraga, onde se definirão linhas estratégicas para o desenvolvimento económico da região. Para além da UMinho, ACB e AIMinho, o conselho estratégico integra o economista Miguel Cadilhe e os empresários António Murta e José Teixeira. Os presidentes da câmara e da InvestBraga integram o órgão por inerência.
Para a criação de emprego é necessário promover o crescimento económico. O financiamento da economia assume assim um papel crucial numa estratégia que vise o crescimento sustentável e o emprego.

Segundo estudo realizado pelo INE, o principal fator limitativo do investimento empresarial identificado pelas empresas nos dois anos analisados (2012 e 2013) foi a deterioração das perspetivas de venda, seguindo-se a incerteza sobre a rentabilidade dos investimentos. Outro fator limitativo ao investimento mas referenciado com menor grau é a dificuldade em obter crédito bancário.

De facto, empresas europeias com as mesmas perspetivas de negócio e o mesmo perfil de risco não têm acesso às mesmas condições de financiamento. Esta dificuldade ao investimento afeta particularmente as pequenas e médias empresas nos países periféricos como é o caso das nossas.

Diversas iniciativas financeiras e fiscais para o investimento, crescimento e emprego foram lançadas recentemente pelo governo e serão ferramentas potencialmente úteis para a missão da InvestBraga. Estas iniciativas visam dar início à recuperação da atividade económica através do relançamento do investimento privado produtivo. A Estratégia para o Crescimento, Emprego e Fomento Industrial cria o enquadramento adequado para este novo desafio. O PORTUGAL 2020 enquadrará os fundos estruturais europeus da União Europeia entre 2014 e 2020. Notar que uma verba superior a 6000 milhões de euros no PORTUGAL 2020 será atribuída às PME.

É reconhecido o importante papel da inovação e do empreendedorismo na capacidade para maximizar a criação de valor económico e consequentemente de criação de mais emprego e de qualidade.

A ‘StartUp Braga’, uma aceleradora de empresas, com apresentação agendada para Maio, é já uma das primeiras medidas da InvestBraga para a promoção do empreendedorismo e captação de investimento. A StartUp Braga beneficiará de uma parceria com a “Microsoft Ventures” e visa criar um ecossistema de empreendedorismo de Braga a partir do espaço GNRation e com uma ligação direta ao StartUp Lisboa.

É essencial assegurar uma articulação eficiente dos instrumentos públicos e privados disponíveis de financiamento à criação e desenvolvimento de novos projetos empresariais (incentivos fiscais, apoio à atividade de I&D, linhas PME Crescimento, mercado de capitais e capital de risco), gerando massa crítica na capacidade de análise e financiamento de projetos inovadores. Também é importante captar investimento externo, não só para novos projetos empresariais, mas também através da entrada de capital estrangeiro nas empresas.

Existem em Braga todos os ‘ingredientes’ para o investimento, crescimento económico e criação de emprego. Braga foi considerada a terceira cidade do país para viver, fazer negócios e atrair turistas no ranking ‘Portugal City Brand 2014’, elaborado pela consultora internacional Bloom Consulting.

O conhecimento gerado na nossa região terá também de contribuir para além do fomento da competitividade das empresas e sua internacionalização, fomentar o emprego qualificado atraindo e fixando talento com reconhecimento internacional, e o empreendedorismo o que contribui também para a criação de emprego.

A efetiva operacionalidade do triângulo do conhecimento educação-investigação-inovação será crucial para o desenvolvimento de setores produtivos estratégicos. A região deverá aproveitar os fundos disponíveis para a promoção de mais atividades de I&D de base empresarial em setores e atividades económicas dirigidas a mercados de crescimento sustentado. A ligação estreita à Universidade do Minho é, assim, considerada essencial para o desenvolvimento deste novo projeto.

Os novos instrumentos europeus e regionais de financiamento para o período 2014-2020 serão uma excelente oportunidade para as empresas e para os novos projetos a atrair para Braga. A InvestBraga será uma estrutura crucial para promover o desenvolvimento, crescimento inteligente e sustentável e tornar Braga numa cidade mais competitiva para atração de investimento.

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

24 Maio 2019

Vote

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.