Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +

O Corpo dos Quadrilheiros...

Sejam bem-vindos!

O Corpo dos Quadrilheiros...

Ideias

2019-09-12 às 06h00

Paulo Monteiro Paulo Monteiro

Se não me enganar nas contas, faz hoje 636 anos (1383) que foi criado o Corpo de Quadrilheiros, na dependência dos municípios, a primeira organização policial em Portugal.
Os quadrilheiros, segundo a wikipédia, foram inicialmente criados pelo Rei D. Fernando I, no século XIV. Em cada cidade, vila, lugar e respectivos termos existiria um determinado número de quadrilheiros, que variava de acordo com o número de moradores da povoação. Os quadrilheiros eram escolhidos de entre os moradores locais e nomeados pelos juízes e vereadores reunidos em câmara, tendo que servir durante um período de três anos.

Os quadrilheiros entraram em decadência durante o século XVIII, principalmente nas grandes cidades. No século XIX, os quadrilheiros foram definitivamente extintos e substituídos pela Guarda Real de Polícia, dando origem, mais tarde, à actual Guarda Nacional Republicana. Surgiram depois a PSP e as polícias municipais. Sempre com um grande objectivo: proteger os cidadãos. Por isso o zelar pela nossa segurança já tem séculos... e sempre tentando fazer o melhor. E é de segurança que nós precisamos. Queremos sempre sentirmo-nos em segurança e Portugal é um país seguro, dos mais seguros do mundo e por isso é que somos visitados por milhões de turistas.

Segurança que passou a ser uma das palavras mais sagradas, depois dos atentados do 11 de Setembro, nos Estados Unidos, fez ontem 18 anos e não 16, como erradamente escrevi. Erros que acontecem. Mas enganar-me nas datas é corrigível. Os atentados que mataram perto de 2.900 pessoas é que não. Mas podemos fazer tudo para que não voltem a acontecer, havendo mais e melhor segurança!

Deixa o teu comentário

Últimas Ideias

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.