Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

O que pode fazer para não desperdiçar bebidas

Cimeira da Acção Climática: “ainda não é tarde”...

Escreve quem sabe

2015-10-17 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

Embora muitas pessoas não se percebem disso, há significativos impactos económicos e ambientais como resultado do desperdício de bebidas.
Essas chávenas de chá que arrefecem, bebidas gaseificadas excessivamente grandes para se conseguirem terminar e garrafas de vinho que ficam a meio, todos somados custam dinheiro aos consumidores e contribuem para uma grande pegada de carbono.
Dados da Grã-Bretanha, referente a 2012, demonstraram que: “as bebidas foram responsáveis por 1,3 milhão de toneladas de resíduos. Aproximadamente 40% destes era inevitável (sacos de chá usados e borras de café), já os 60% restantes era evitável. Dos resíduos evitáveis, os refrigerantes representaram cerca de um terço, enquanto a quantidade de resíduos de vinho foi menor em 42.000 toneladas, mas, dado o seu alto valor por tonelada, os custos dispararam”.
Aqui se apresentam algumas dicas úteis que ajudarão a reduzir a quantidade de bebidas desperdiçadas, e resíduos associados, nas nossas casas.
- Congele sobras de vinho na bandeja de cubos de gelo para usar mais tarde em guisados, cozidos e molho à bolonhesa.
- Use restos de vinho para marinar a carne com alho e outros temperos.
- A cerveja também fica muito bem em estufados, assados e em alguns bolos.
- Reaqueça bebidas que arrefeceram no microondas ou no fogão.
- Beba infusões de ervas (ex. menta, lúcia lima, erva príncipe), mesmo quando elas já arrefeceram - sabem igualmente bem, geladas.
- Escreva a data de abertura nas embalagens de bebidas de frutas para garantir que são consumidas dentro de período de tempo recomendado.
- Para manter o gás das bebidas coloque sempre a tampa, logo após servir-se e guarde na posição vertical no frigorífico.
- Se achar que vai fazer uma bebida de manhã e não chega a ter tempo para a consumir antes de ir trabalhar - coloque-a numa garrafas termos e acabe-a no caminho ou quando começar a trabalhar.
- Se o leite está prestes a ir pela banca abaixo porque não o conseguiu acabar e está de saída para férias, coloque-o em bandejas do cubo de gelo no congelador. Ótimo para chá e café! Ou se for uma quantidade excessiva limite-se a dobrar o topo do pacote e congele.
- Em festas, dê aos seus convidados um rótulo para colarem na sua lata, garrafa ou copo para ajudá-los a identificar a sua própria bebida - impede que percam a noção de qual é a sua bebida e a deitem fora.
- Use o chá que ficou no bule e deixe de molho as frutas cristalizadas para o bolo inglês.
- Se faz as suas próprias bebidas de frutas frescas - use a polpa que sobra em bolos, especialmente delicioso em bolos de laranja e de cenoura.
- Sirva os cereais matinais infantis numa caneca - eles podem comer os cereais com a colher e depois beber o leite - evita-se o desperdício do leite.
- Se tiver sobras de sumo - faça gelados caseiros com elas.
- Se as crianças deixam muitas vezes bebidas, passe a servir em copo de menor tamanho.
- Receita de café frio - 1 e 1/2 chávenas de café frio, 2 chávenas de leite, 50 g de açúcar, 3 colheres de sopa de cacau em pó. Misture café, leite, açúcar e cacau em pó e sirva em copos com vários cubos de gelo.
- Ou então, simplesmente, café, água, gelo, uma rodela de limão e açúcar a gosto.
- Também pode fazer bolo de bolacha (bolacha maria) embebendo-as em café aquecido e barrando com uma mistura de margarina, açúcar e ovos (ou então chantilly) vai sobrepondo e no final cobre tudo com o creme restante.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

23 Setembro 2019

Parecer (técnico)

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.