Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Os contributos da Biblioteca para a literacia medi@tica

Como sonhar um negócio

Voz às Bibliotecas

2018-12-06 às 06h00

Carla Araújo

Decorreu nos passados dias 23 e 24 de novembro mais uma edição do Encontro de Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares de Vila Nova de Famalicão, tendo-se concretizado neste ano de 2018 a sua 11.ª edição. A longevidade, mas simultaneamente a jovialidade, deste evento tem revelado a pertinência contínua do debate, da partilha e da reflexão de variados temas e assuntos relacionados com as bibliotecas públicas, quer sejam municipais ou escolares. Assim, com o objetivo de refletir sobre as práticas desenvolvidas pelas Bibliotecas e pelos Serviços de Apoio às Bibliotecas Escolares, a iniciativa foi promovida pelo Município de Vila Nova de Famalicão, através da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, em parceria com o Grupo de Trabalho das Bibliotecas de Famalicão e o Centro de Formação de Associação de Escolas de Vila Nova de Famalicão. A edição deste ano, subordinada ao tema “Os contributos da Biblioteca para a literacia medi@tica”, pretendeu evidenciar os contributos das bibliotecas para o desenvolvimento de competências propiciadoras de novas formas de aprender, interagir e comunicar através dos média e apresentou-se como um espaço de partilha de ideias e de práticas de literacia dos média, que visam dotar os alunos de conhecimentos necessários para o seu uso criativo e informado, capacitando-os para a compreensão crítica da mensagem mediática. Pretendeu-se, simultaneamente, refletir sobre o papel da bibliotecas na educação para os media, na relação das crianças e jovens com os media e como tornar os alunos cada vez mais mediacompetentes. Durante os dois dias do encontro realizaram-se conferências de enquadramento do tema, com especial destaque para a conferência Literacia Mediática nas Bibliotecas, proferida por Margarida Toscano, do Gabinete da Rede de Biblioteca Escolares; o painel de partilha de boas práticas do município convidado deste ano, o Município de Pombal, intitulado Partilha de Boas Práticas RBP: dinâmicas de bibliotecas em modo “partilhar”, e o painel Literacia Mediática: uma competência básica na sociedade atual, com os contributos dos oradores Jorge Borges, da Rede de Bibliotecas Escolares; Rui Lima, do Jornal Cidade Hoje e Sara Pereira, do Instituto de Ciências Sociais da Universidade do Minho. Este ano, com um novo formato, as já habituais oficinas formativas decorreram em vários espaços culturais do concelho, com o pretexto de dar a conhecer melhor a cidade aos cerca de 150 participantes que se inscreveram no evento, possibilitando-lhes, desta forma, usufruir tanto dos diferentes equipamentos culturais como da própria cidade e envolvente. Assim, na tarde do dia 23 de novembro e na manhã do dia 24 de novembro decorreram as oficinas formativas na Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, no Arquivo Municipal Alberto Sampaio, no Museu Bernardino Machado, na Casa do Território, na Fundação Cupertino de Miranda e na Escola Secundária D. Sancho I, cujas temáticas abordaram temas pertinentes e atuais como a cidadania digital; os dispositivos móveis em contexto de biblioteca; a escrita criativa; a biblioterapia e cineterapia; a criação de bibliotecas digitais e a literatura infantil no meio digital. Para o próximo ano, e mantendo-se a vontade, cá nos encontraremos por Vila Nova de Famalicão!

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.