Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Plano Municipal de leitura de Barcelos prevê criação de bebeteca e makerspace

Retratos da emigração portuguesa na literatura infanto-juvenil

Plano Municipal de leitura de Barcelos prevê criação de bebeteca e makerspace

Voz às Bibliotecas

2019-12-19 às 06h00

Victor Pinho Victor Pinho

A assinatura da Adenda ao Acordo de Parceria celebrado em 2018, com o Plano Nacional de Leitura (PNL2027), para o desenvolvimento e operacionalização do Plano Local de Leitura (PLL) do Município de Barcelos, foi concretizada, anteontem, terça-feira, no edifício dos Paços do Concelho.
O Plano Municipal de Leitura é um documento estratégico de desenvolvimento de uma política de promoção e de capacitação para a leitura, a escrita e as literacias no contexto da comunidade, em nome de uma Política Nacional de Leitura.
A implementação deste plano local de leitura prevê a definição de áreas e acções estratégicas, um conjunto de novos projetos e a manutenção de outros, que já faziam parte do programa da Biblioteca Municipal de Barcelos.
No âmbito das novas Acções, são de destacar a criação, na Biblioteca Municipal, da Bebeteca e do Makerspace, bem como o empréstimo de livros aos trabalhadores das empresas de Barcelos, num projecto denominado “Fabriler”.

A Bebeteca, que deverá abrir ao público no ano de 2021, vai ficar instalada na Sala de Leitura Infantil e Juvenil e destina-se a crianças dos zero meses aos cinco anos de idade, bem como a pais, educadores, mediadores e voluntários da leitura. Com o seu funcionamento, pretende-se criar condições, para que, de forma precoce, se verifique a aproximação ao livro e a aquisição de vocabulário preciso e diversificado, como um meio eficaz para prevenir dificuldades de aprendizagem futuras.
Serão convidados a serem parceiros desta Acção:o Centro de Saúde de Barcelos, a Fundação Aga Khan e os Voluntários da Leitura.

Relativamente ao Makerspace e Sala de Leituras de Futuro, a abrir ao público no ano de 2020, e a instalar na actual Sala Multimedia, integra-se no projecto “Barcelos a Ler”, projeto de combate ao insucesso escolar e ao abandono escolar que foi candidatado ao Portugal 2020. Integra a Bolsa de Projetos com incidência Municipal do PIICIE do Cávado, aprovado pelo programa Operacional Cultura do Norte, 2020.
Cruzando dois conceitos cada vez mais presentes da realidade das bibliotecas, num espaço físico comum, iremos encontrar diferentes áreas de trabalho, que se interligam entre si, e que satisfaçam as necessidades de públicos bastante diferenciados, da infância à 3ª idade, da escola à comunidade.

Serão programadas, entre outras, ações que promovam a leitura e a aprendizagem da língua portuguesa, em especial para crianças e jovens com dificuldades de aprendizagem, com envolvimento das escolas, bibliotecas escolares e de outras instituições culturais e ações de sensibilização e mobilização de competências digitais, para crianças e adultos. Num futuro próximo, procurar-se-á associar a programação e a robótica.
Serão convidados a serem parceiros desta Acção: Estabelecimentos de Ensino concelhios, Rede de Bibliotecas Escolares de Barcelos, IPCA-Instituto Politécnico do Cávado e Ave, Centro de Formação da Associação de Escolas dos Concelhos de Barcelos e de Esposende e empresas locais.

O Plano Municipal de Leitura de Barcelos contempla ainda a criação de um projecto de sensibilização para a leitura e a escrita junto dos trabalhadores das empresas de Barcelos, denominado “Fabriler”.
Tem como principais objetivos diversificar espaços para a prática regular da leitura, sensibilizar para a importância do acto de ler, criar hábitos de leitura em família, disponibilizar livros adequados para leitores com maiores dificuldades de leitura e inscrever novos leitores na Biblioteca Municipal.
Em cada mês, a partir de Abril de 2020, serão disponibilizados livros de diferentes temáticas para poderem ser requisitados pelos trabalhadores. Tendo em vista a promoção da leitura em família, serão também disponibilizados livros para os seus filhos.

São parceiros desta Acção as seguintes empresas: BECRI – Malhas & Confecções, S.A.; Pedrosa & Rodrigues, S.A.; Kristaltek – Laser e Mecânica de Precisão: metalurgia, metalomecânica, torneamento, fresagem; P&R Têxteis SA; e PLÁSRIO – Sociedade de Plásticos Ldª.
Este plano contempla ainda uma série de projectos integrados numa Bolsa de Acções para o público escolar desenvolvida nos estabelecimentos de ensino e na Biblioteca Municipal, coordenada pelo SABE – Serviço de Apoio às Bibliotecas Escolares.
O Plano Municipal de Leitura de Barcelos tem uma Comissão de acompanhamento constituída por: um representante do PNL/2027, um representante do Município, um representante do IPCA- Instituto Politécnico do Cávado e Ave e um representante da Universidade Barcelos Sénior, que deverá apresentar um relatório anual sobre a execução deste plano.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.