Correio do Minho

Braga, sexta-feira

- +

Projecto Rios no Ano da Cooperação pela Água

A avestruz risonha que tocava Strauss

Escreve quem sabe

2013-11-16 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

A Adotar um rio é possível em Portugal, com o Projeto Rios, para conhecer e melhorar os rios e a vida da sua comunidade.
Existem mais de 120.000km de rios e ribeiras em Portugal que precisam de ser cuidados. Estes apresentam vários problemas, nomeadamente poluição, destruição da vegetação ribeirinha e do corredor ecológico, perda de biodiversidade, presença de lixos e entulhos, ocupação do leito de cheia, falta de limpeza dentro dos aglomerados urbanos, presença de espécies invasoras, diminuição da disponibilidade de peixe. Muitos destes problemas resultam em perdas económicas, ambientais e sociais por falta de conhecimento e participação pública, quer ao nível da população em geral quer ao nível do poder decisor.

O Projeto Rios, pela metodologia que utiliza, pretende aproximar as pessoas das linhas de água e melhorar a sua qualidade de vida. Utiliza várias ferramentas para promover a curiosidade científica e implementar o método científico experimental, através da recolha e registo de informações e dados geográficos, físico-químicos, biológicos, eventos históricos, sociais e etnográficos, contribuindo assim para a melhoria do espaço estudado e da qualidade fluvial global, com vista à aplicação das exigências da Diretiva Quadro da Água, da Lei da Água e da máxima “pensar global, agir local” onde todos fazemos parte da solução.
O Projecte Rius foi lançado na Catalunha pela “Associació Habitats para Projecte RIUS Catalunya” em 1997, e desde então tem-se revelado um sucesso. Em Portugal, o Projeto Rios chegou em 2006 foi adaptado ao contexto nacional pelas entidades: Associação Portuguesa de Educação Ambiental (ASPEA); Associação de Professores de Geografia (APG); Liga para a Proteção da Natureza (LPN); Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto (FEUP). A coordenação do projeto é partilhada pela ASPEA e LPN, sendo a ASPEA a entidade responsável.

O Projeto rios visa o envolvimento da sociedade na conservação e melhoria dos sistemas fluviais, promovendo assim o empreendedorismo ambiental, social e económico, pelo que é promovida a adoção de um rio ou ribeira, com a monitorização de um troço de 500m. Ao adotar um rio criam-se laços afetivos para conhecer e cuidar do espaço e das pessoas do “meu rio”. Deste modo cria-se uma nova cultura de intervenção (os novos: Guarda-Rios, Guardiões do Rio, Defensores e Paladinos do rio) baseada em informação científica e num sentimento que promova o envolvimento e mudança social.
Para auxiliar esta tarefa é fornecido um kit didático, composto por diversos materiais de apoio e, por fichas de campo, bem como por fichas de identificação de diversos grupos de seres vivos e rochas. Cada troço de rio adotado requer como tarefas mínimas duas visitas (primavera e outono) e realizar uma ação de melhoria (um piquenique, envolver os proprietários marginais, realizar uma palestra, envolver uma turma na recolha fotográfica, envolver escuteiros na construção de um ponto de descanso, entre outras).

Atualmente estão envolvidas na implementação do Projeto Rios no território nacional diversas entidades institucionais (câmaras municipais, juntas de freguesia, escolas, associações, organizações não-governamentais, institutos e centros de investigação), empresas e a população em geral. Estão inscritos no Projeto Rios 300 grupos, ao longo de 150 Km de rios adotados pertencentes a 90 municípios e a 20 distritos. Conta com a participação direta de 7.500 pessoas em saída de campo, 600 professores de 400 turmas, onde foram envolvidas mais de 40.000 pessoas em atividade com ajuda de 300 Monitores do Projeto Rios formados a partir de 18 cursos de formação.
Forme um grupo de quatro amigos, visite o site do Projeto Rios (http://www.projectorios.org) descarregue a ficha de inscrição e envie para projectorios@gmail.com, pode contatar o 919 074 510 ou 917 675 529 ou visitar a sede: Pavilhão da Água. Morada: rua da Circunvalação nº15443, 4100-183 Porto, Parque da Cidade do Porto. Telf: 226 151 820.
Projeto Rios Une Pessoas e Une Rios.
Em co-autoria com Pedro Teiga

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

15 Outubro 2019

Outubro um mês associativo

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.