Correio do Minho

Braga,

- +

Projeto Rios

O amor nos tempos da cibernética

Escreve quem sabe

2015-09-05 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

O“Projeto Rios” visa a participação social na conservação dos espaços fluviais. Este projeto, pela metodologia que utiliza, pretende promover a curiosidade científica e implementar o método científico experimental, através da recolha e registo de informações e dados geográficos, físico-químicos, biológicos, eventos históricos, sociais e etnográficos, contribuindo assim para a melhoria do espaço estudado e da qualidade fluvial global. Apresenta ainda objetivos mais específicos:
- Criação de um espírito de cooperação em rede, entre os grupos envolvidos inscritos, incentivando a troca de ideias e experiências em torno de preocupações referentes às zonas de estudo;
- Caracterização, monitorização e inspeção e avaliação de troços adotados de um rio ou ribeira;
- Implementação de ações que promovam a melhoria do rio ou ribeira adotado;
- Sensibilização da comunidade para a adoção de estratégias promotoras de mudanças conceptuais, com vista à melhoria do ambiente em geral e das linhas de água em particular;
- Promover a ligação afetiva e efetiva do grupo aderente ao espaço ribeirinho e à comunidade local com atividades de criação de valor e capacitação da população local;
- Organização de atividades e eventos para a promoção, divulgação, discussão sobre a água e a importância dos ecossistemas ribeirinhos e promover atividades de melhoria sustentáveis;
- Promover uma sociedade saudável de inclusão, participativa e justa;
- Contribuição para a implementação da educação ambiental enquanto área transversal nas políticas de educação formal ou não formal;
- Contribuição para a formação técnica e social com ferramentas pedagógicas que promovam a reflexão participada e o intercâmbio de experiências.
Para participar no Projeto Rios apenas precisa de constituir um grupo (mínimo: 4 pessoas) e inscrever-se para adotar/cuidar de um troço de 500 metros de um rio ou ribeira próximo de si.
A seleção do troço pode ser feita de uma forma simples e gratuita utilizando o Google Earth para fazer a delimitação.
Depois deve realizar duas saídas de campo por ano (na primavera e no outono) ao troço adotado, usando para isso um kit, e realizar uma ação de melhoria (limpeza, florestação, exposição fotográfica de sensibilização, caminhada, etc.).
Ora a Câmara Municipal de Braga lançou um desafio aos cidadãos para adotarem um troço de rio Este, visto ser a linha de água que, dado cruzar o centro da cidade e dadas as descargas que, ainda sofre, e o estrangulamento urbanístico de que padece, precisa de maior monitorização. Assim, qualquer escola, empresa, associação, clube desportivo, família ou grupo de amigos é convidado pelo município a adotar um troço do Este. Para facilitar, o município trata de arranjar os mecenas que oferecerão os kits, ou oferece ela própria o kit ao grupo adotante. Nesse kit os grupos encontrarão diversos materiais, desde mochila do Projecto Rios; manual do Projecto Rios; apresentação geral do Projecto Rios; lupa, lápis, pinça; fitas de medição de pH, nitratos e nitritos; termómetro; fita métrica; pasta para arquivo; camaroeiro; prancheta; autocolantes do Projecto Rios; fichas de campo (fichas da 1ª saída de campo e das restantes saídas) e fichas de identificação (caracterização da fauna e da flora), necessários para se fazer a análise e manutenção do rio.
A Quercus já adotou a nascente do rio Este há um par de anos e, vai aceitar o desafio lançado pelo município para, no período que medeia entre 25 (6.ª-feira) e 28 (2.ª-feira) de setembro, proceder à limpeza do troço adotado. Se nos quiser dar uma ajuda contacte-nos (braga@quercus.pt ou 927986133).
Antes desse fim de semana, mais propriamente a 19 de setembro, da parte da tarde, vamos, como já é habitual, limpar o acesso ao Bom Jesus, a partir da rotunda do Instituto de Nanotecnologia e dele ao Sameiro, na campanha “Clean up the world” (Limpar o Mundo, Limpar Portugal). Pode inscrever-se em www.braga.quercus.pt.
Junte-se a nós e seja um voluntário a favor do ambiente, sito é, a favor do bem-estar de todos e da Natureza!

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.