Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +

Semana Europeia da Prevenção de Resíduos 2014

Cimeira da Acção Climática: “ainda não é tarde”...

Escreve quem sabe

2014-11-22 às 06h00

Ana Cristina Costa Ana Cristina Costa

Decorre de hoje, sábado, dia 22 e até domingo 30, a Semana Europeia da Prevenção de Resíduos (SEPR) cujo objetivo é sensibilizar ao máximo a população para a problemática dos resíduos, em particular a prevenção, com diversas iniciativas sobre esta temática, que visam ajudar a compreender o significado da prevenção de resíduos e a motivar a responsabilização de cada cidadão.

Os proponentes do projeto estão agrupados em 5 categorias: administrações/autoridades públicas; associações/ ONG/redes europeias; empresas/indústria; comunidade escolar: escolas, centros recreativos; outros.
Já na sua 6.ª edição, a SEPR tem vindo cada ano a reunir mais adeptos em torno das questões da prevenção de resíduos. Em 2012 foram contabilizadas 10.793 acções e em 2013 este número ultrapassou as 12.600 acções!
Teste já os seus comportamentos e saiba se contribui ativamente para a Prevenção de Resíduos, acedendo ao Simula Menos Resíduos (http://simula-residuos.apambiente.pt/). Não deixe de fazer parte desta iniciativa, participe!

Ideias para o seu dia-a-dia: Prevenir os Resíduos e Reduzir o Desperdício
Opte por lâmpadas de baixo consumo - a sua duração de vida é entre 6 a 8 vezes superior!
Opte por produtos de longa duração e não descartáveis - criam muito menos resíduos, ex. panos de limpeza em tecido, máquinas de barbear recarregáveis, chávenas, canetas com recargas, pilhas recarregáveis, etc.

Antes de se ver livre de um objeto, procure associações de reutilização ou outras entidades que lhe possam dar uma nova vida! Ex. dê uma segunda vida à roupa que já não utiliza, oferecendo-os a associações, a amigos ou a membros da sua família. Ponha um autocolante ‘PUBLICIDADE AQUI NÃO’ na caixa de correio! Reutilize e mande arranjar tanto quanto possível!
Se possível, plante as suas próprias ervas aromáticas - estarão disponíveis quando necessitar, sem necessidade de transporte ou embalagem e muito mais frescas!

No escritório e em casa, dê prioridade às comunicações por e-mail em vez do fax ou correio normal. Só imprima as páginas que realmente precisa e utilize a opção frente e verso da sua impressora. Lembre-se de levar os tinteiros e os toners vazios ao fornecedor para os voltar a encher; além de respeitar o ambiente, este pequeno ato gera atividade e contribui para a criação de novos empregos.

Escolha cuidadosamente o que compra e dê prioridade aos objetos recarregáveis ou reutilizáveis, com menos embalagens, reciclados ou feitos de materiais recicláveis e aos produtos com o rótulo ecológico europeu (são certificações oficiais que garantem a qualidade dos produtos assim como o seu impacto reduzido no ambiente ao longo do seu ciclo de vida). Ex. opte por sacos de compras reutilizáveis.
Quando comprar uma prenda, escolha uma que seja 'desmaterializada', como bilhetes para um espetáculo, um concerto próximo ou uma assinatura, uma sessão de massagens, aulas de cozinha, enfim prazer sem resíduos!

Prefira comprar produtos a granel - muitas vezes são mais baratos, permitem-lhe comprar a quantidade exata de que necessita e permitem reduzir os resíduos de embalagem.
Compre quantidades que correspondam às suas necessidades - estima-se que cada família deite fora 10% (segundo estudos realizados - www.ewwr.eu) dos produtos alimentares que foram comprados e que, muito frequentemente, esses mesmos produtos nem tenham chegado a ser desembalados.
Prefira produtos produzidos localmente - comprar a produtores locais permite não só incentivar a economia da região, mas também adquirir produtos com maior frescura, menor impacto em termos de transporte e, geralmente, menor embalagem.

Porque não alugar ou pedir emprestadas as ferramentas de jardinagem e para a bricolagem, de que necessita ocasionalmente?
Faça compostagem em casa e utilize o composto como fertilizante.
Recolha especial de pequenas quantidades de resíduos perigosos - resíduos químicos perigosos de bricolagem ou produtos domésticos, baterias, iluminação fluorescente ou de néon: existem pontos de recolha seletiva para cada produto. Informe-se.

Deixa o teu comentário

Últimas Escreve quem sabe

23 Setembro 2019

Parecer (técnico)

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.