“Escutismo faz falta na sociedade”

Cada vez mais o escutismo “faz falta na sociedade”, sendo “cada vez mais uma referência acima de tudo pelos princípios e pelos valores”. No entanto, para António Guimarães, chefe adjunto do agrupamento n.º 219 - Gualtar, que está a celebrar 50 anos de vida, “faz falta voltar à origem do escutismo”.

Tempo

Farmácias de serviço

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia