Guimarães cria Manual de Boas Práticas Ambientais para a cerimónia de partida do Rally de Portugal

Desporto, Vale do Ave

autor

Redacção

contactar num. de artigos 33246

Ações de sensibilização, reaproveitamento de resíduos e mais EcoPontos são algumas das apostas para a Cerimónia de Abertura do Vodafone Rally de Portugal, numa ação conjunta articulada entre a Câmara Municipal de Guimarães, a VITRUS, a RESINORTE e o Laboratório da Paisagem.

Suportado pela recente acreditação “Progress Towards Excellence” recebida em 2016 pelo Automóvel Clube de Portugal, organizador do Vodafone Rally de Portugal por parte do FIA Institute for Motor Sport Safety and Sustainability, o Vodafone Rally de Portugal não poderia passar ao lado do esforço que tem sido realizado na promoção da sensibilização ambiental nos vários eventos realizados em Guimarães.

Assim, Guimarães em estreita colaboração com a organização do evento pretende garantir a minimização do impacto ambiental do mesmo, implementando medidas que se enquadrem no programa de sustentabilidade da FIA, e no objetivo da organização de garantir a acreditação Achievement of Excellence até 2018.

Assim sendo, Guimarães como palco da cerimónia da partida oficial do Vodafone Rally de Portugal alia-se a este desígnio, em linha com os objetivos delineados pelo projeto “Guimarães mais Verde” que visa o desenvolvimento sustentável do território e que suporta a Candidatura de Guimarães a Capital Verde Europeia 2020.

Desta forma, a Câmara Municipal de Guimarães em colaboração com várias instituições e entidades nas áreas da sustentabilidade e gestão de resíduos - VITRUS, a RESINORTE e o Laboratório da Paisagem - elaborou um Manual de Boas Práticas Ambientais que engloba diversas ações de sensibilização junto da empresa de catering e público em geral, a colocação de EcoPontos adicionais em locais estratégicos que visam a promoção da correta separação de resíduos, a colocação de estruturas de mobiliário urbano (EcoPontas e PapaChicletes) que evitem a acumulação de resíduos de pontas de cigarro e pastilhas elásticas no espaço reservado para o evento, a reutilização de lonas promocionais através da sua valorização noutros materiais e ainda a realização de um inquérito que avalie o impacto das medidas incluídas no Manual proposto.

Desta forma, as instituições envolvidas pretendem associar-se ao objetivo da organização do Vodafone Rally de Portugal sublinhando a importância da educação e sensibilização ambiental no desígnio de contribuir para a construção de um território mais sustentável e consequentemente com melhor qualidade de vida, sendo capaz de aliar eventos com forte impacto económico com as preocupações ambientais que devem ser transversais a todas as iniciativas realizadas, num modelo de sustentabilidade que visa encontrar um equilíbrio entre a componente económica, social e ambiental.

*** Nota da C.M. de Guimarães ***

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia