SC Braga: “Lutar até à última gota de suor para vencer”

    Desporto

    autor

    Paulo Machado

    contactar num. de artigos 547

    O SC Braga defronta hoje o Vitória de Setúbal, às 16 horas, no Estádio do Bonfim, em Setúbal.
    Abel Ferreira disse espera “imensas dificuldades” no reduto do Vitória de Setúbal, domingo, na quinta jornada da I Liga de futebol, mas vincou que o Sporting de Braga só pensa em vencer no Bonfim.
    A partida com os sadinos inicia um ciclo exigente dos minhotos, com vários jogos num curto espaço de tempo e para várias competições, campeonato, Liga Europa e Taça da Liga. “Já apanhamos um ciclo desses e a equipa está preparada. Queremos focar todas as nossas forças, competência, espírito competitivo, dinâmica e agressividade no jogo com o Setúbal, equipa que nos merece o máximo de respeito”, disse na conferência de imprensa de antevisão da partida. Segundo Abel Ferreira, o SC Braga “só tem um pensamento” que é “lutar até à última gota de suor para vencer”.
    O técnico deixou elogios a José Couceiro, um treinador que admira “pela maneira de ser e estar, que valoriza o espetáculo, os jogadores e o clube onde está”.
    “Espera-nos mais um grande desafio, o Vitória de Setúbal tem uma filosofia de jogo muito própria, que valoriza o espetáculo, joga para vencer e vai criar-nos imensas dificuldades”, disse.
    O período de transferências ‘levou’ Rui Fonte, Neto, Jordão e Stojiljkovic e ‘trouxe João Carlos Teixeira, André Horta, Erick e Muric e, questionado sobre se o plantel ficou mais forte, Abel Ferreira disse ter “os melhores jogadores e equipa do mundo”.
    “Temos soluções internas que nos permitem variar, temos jogadores que fazem várias posições e que permitem que a equipa possa ter determinados comportamentos dentro do próprio jogo”, disse.
    Sobre Stojiljkovic, emprestado aos turcos do Kayserispor, disse que foi o avançado a pedir para sair. “É um jogador que queria muito sair, falou comigo, ligou-me mais que uma vez em função da excelente proposta financeira que tinha e entendemos, dada a sua vontade, que era o melhor para todos. Ajudou-nos, mas entendeu sair, contávamos com ele, mas queremos que toda a gente esteja completamente comprometida aqui”, disse, acrescentando que, foi por causa dessa vontade expressa que o sérvio ficou de fora da lista da Liga Europa.
    Abel Ferreira considerou ainda que os últimos reforços, nomeadamente, João Carlos Teixeira, André Horta, Erick e Muric visaram trazer “mais qualidade, irreverência e competitividade interna”. “Têm presente e futuro, estão a adaptar-se de forma muito rápida à dinâmica da equipa, do próprio clube e às ideias do treinador”, disse. Marafona, Tiago Pereira, Mauro e Wilson Eduardo continuam lesionados e não podem ainda ser opção para o técnico.
    O jogo será arbitrado por Luís Ferreira, da AF Braga.

    vote este artigo


     

    Comente este artigo

    Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

    comentários

    Não existem comentários para este artigo.

    Últimos artigos das categorias relacionadas

    Tempo

    Classificados

    Edição Impressa (CM)

    Edição Impressa (MF)

    Newsletter

    subscrição de newsletter

    mapa do site

    2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia