Braga vai ter fado duas vezes por mês

Braga

autor

Miguel Viana

contactar num. de artigos 1900

A cidade de Braga vai ter espectáculos de fado duas vezes por mês, ao longo do próximo ano. A garantia foi dada por Américo Camarinha, presidente da ACOFA BRAGAFADO - Associação, durante a conferência de imprensa para fazer o balanço da Semana do Fado, que decorreu de 22 de Agosto a 2 de Setembro.

Segundo Américo Camarinha, o sucesso alcançado este ano pela Semana do Fado implica “uma mudança em termos de fado. Numa primeira fase já em 2018, com fado pelo menos duas vezes por mês em Braga. É uma parceria que pretendemos fazer, através da Associação Comercial de Braga, com os restaurantes e hotéis da cidade, no sentido de termos fados pelo menos duas vezes por mês”, disse o dirigente da ACOFA BRAGAFADO - Associação.

Os espaços onde o fado poderá ser cantado terão de ter, pelo menos, capacidade para acolher 50 pessoas.
Outra das inovações para 2018 é o alargamento da programação da Semana do Fado, e o prolongamento da exposição (semelhante à que esteve patente este ano no Palácio do Raio) durante dois meses.

“Em termos da exposição que pretendemos trazer, pretendemos que esteja pelo menos dois meses” (de meados de Julho a meados de Setembro), referiu Américo Camarinha.
“Pretendemos elaborar um programa que inclua o fado o ano inteiro. Teremos a Semana do Fado, mas durante todo o ano, teremos fado. A exposição irá terminar com a Semana do Fado”, assegurou Paulo Rocha, elemento da direcção da ACOFA BRAGAFADO - Associação.

Félix Alonso, gestor musical da ACOFA BRAGAFADO - Associação, lembrou que o prolongamento da Semana do Fado e a existência de espectáculos de fado, implica “cantar muito mais do que os 140 fados que foram interpretados na edição deste ano da Semana do Fado”.

A edição deste ano foi considerada um sucesso pela organização, já que contou com a presença de cerca de três mil pessoas nas mais variadas iniciativas. “Tivemos 2068 entradas na exposição do Palácio do Raio, 318 pessoas nas visitas guiadas à exposição. Tivemos uma tertúlia com 76 pessoas, Tivemos quatro concertos de fado, com 427 entradas. Nas redes sociais tivemos 12227 visitas no Facebook e um alcance diário de 987 pessoas”, apontou Américo Camarinha.

Números que levaram o dirigente da ACOFA BRAGAFADO, a concluir que “valorizamos Braga como um elemento cultural e estamos a apoiar Braga como Capital Europeia da Cultura em 2027. Marcamos um novo ciclo do fado na cidade. Conseguimos criar o ‘bichinho’ de ouvir o fado e conseguimos meter Braga no roteiro do Fado” , revelou Américo Camarinha.

A nivel de artistas, a Semana do Fado contou com presença de 12 fadistas e 10 músicos, que actuaram em quatro concertos.
A Semana do Fado contou com o apoio da Câmara Municipal de Braga e seguiu as orientações do Museu do Fado, entidade que divulga o fado como património da humanidade.

vote este artigo


 

Comente este artigo

Faça login ou registe-se gratuitamente para poder comentar este artigo.

comentários

Não existem comentários para este artigo.

Últimos artigos das categorias relacionadas

Tempo

Classificados

Edição Impressa (CM)

Edição Impressa (MF)

Newsletter

subscrição de newsletter

mapa do site

2008 © todos os direitos reservados ARCADA NOVA - comunicação, marketing e publicidade, S.A. | concept by: Cápsula - soluções multimédia