Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Abuso infantil em debate na Universidade Católica
Braga ‘vira’ capital internacional de jogos de tabuleiro

Abuso infantil em debate na Universidade Católica

Parlamento dos jovens dá voz à violência doméstica e no namoro

Abuso infantil em debate na Universidade Católica

Ensino

2019-10-09 às 06h00

José Paulo Silva José Paulo Silva

Membro da Pontifícia Comissão para a Protecção de Menores desloca-se a Braga para abordar o abuso infantil no seio das instituições.

O padre jesuíta e psicólogo Hans Zollner, presidente do Centro de Protecção de Crianças da Universidade Gregoriana e membro da Pontifícia Comissão para a Protecção de Menores, participa sexta-feira, no Centro Regional de Braga da Universidade Católica Portuguesa, no workshop ‘Abuso infantil – Até que ponto estou eu e a minha organização preparada para reconhecer e lidar com casos?’.
No workshop, que decorrerá no Auditório Isidro Alves, entre as 18 e as 19.30 horas, participa também a Irmã Karolin Kuhn, colaboradora da Comissão para a Protecção de Menores.

A iniciativa é dirigida a educadores, professores, técnicos de instituições da comunidade e “todos os interessados em aprender e preparar-se para reconhecer e lidar com situações de abuso na infância”.
Hans Zollner está em Portugal para participar na terceira edição do Congresso Internacional de Pedagogia, organizado pela Faculdade de Filosofia e Ciências Sociais da Universidade Católica Portuguesa, subordinado ao tema ‘Educação em Tempos Incertos’.

Aquele jesuíta é considerado uma das personalidades da Igreja Católica que mais se tem empenhado na luta contra os abusos sexuais e contra a cultura de encobrimento destes casos.
Nos seus primeiros cinco anos de existência, a Pontifícia Comissão para a Protecção de Menores, criada pelo Papa Francisco, colaborou em mais de 300 acções formativas um pouco por todo o mundo para alimentar a tomada de consciência sobre o impacto criado pelos abusos sexuais de menores e ajudar as igrejas locais a adoptar práticas para evitá-los.
O Papa Francisco determinou a tomada de medidas nas dioceses para a protecção e acompanhamento de menores vítimas de abusos sexuais na Igreja Católica.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.