Correio do Minho

Braga,

- +
Ambição Guerreira em todos os troféus
Saneamento público em Gondiães, Torneiro e Samão

Ambição Guerreira em todos os troféus

Estacionamento reordenado na Rua de São Geraldo

Ambição Guerreira em todos os troféus

Desporto

2019-07-03 às 06h00

Joana Russo Belo Joana Russo Belo

Equipa feminina do SC Braga deu o pontapé de saída na nova época, com um grupo reforçado com duas jogadoras recheadas de experiência. Técnico Miguel Santos aponta à luta por todas as competições, começando já pela Liga dos Campeões.

A mesma ambição guerreira de olhos postos na luta por todos os troféus. A equipa feminina do SC Braga deu o pontapé de saída na nova temporada desportiva 2019/20, num grupo que mantém a base de sucesso do ano passado, que culminou com a conquista do título nacional e Supertaça. Técnico Miguel Santos garante que vão lutar por todas as competições, começando já com metas bem definidas na estreia na Liga dos Campeões.
“A época é nova, os objectivos são velhos. São os mesmos da época passada, queremos lutar por todos os troféus, com a novidade da Taça da Liga, competição que vamos querer ganhar também, no entanto, neste início de época vamos tentar chegar à fase regular da Liga dos Campeões. Segue-se a Supertaça, que queremos ganhar, defender o título de campeão e lutar pela Taça de Portugal e Taça da Liga. Foi para isso que formámos o plantel. Sabemos que, este ano, vai ser mais difícil, mas a motivação continua a ser a mesma e os objectivos continuam a ser os mesmos”, revelou o técnico, garantindo que continuam com a “mesma ideia e filosofia” da época passada.
Quanto à primeira meta da Champions, competição agendada para o início de Agosto, Miguel Santos quer passar a fase de grupos: “o SC Braga vai ter dois adversários de grande nível, o vice-campeão austríaco e o campeão cipriota, e vai ter outro adversário que tem muito nível, o Riga, campeão da Letónia e que tem a vantagem de jogar em casa. Os outros dois têm um pouco mais de experiência do que nós, no entanto, espero que através da nossa qualidade e empenho possamos ir lá e ganhar vantagem. Esperamos fazer nove pontos nos três jogos ou, na pior das hipóteses, fazer sete para ganhar o grupo e passarmos”, explicou, deixando claro “que não temos essa responsabilidade, mas temos essa ambição”.
“Não quero que coloquem pressão a mais, nem que os sócios fiquem com a ideia que somos os principais candidatos, somos candidatos, mas não somos os principais candidatos, agora vamos com tudo para ganhar, podem ter a certeza disso”, realçou o timoneiro, explicando que a preparação da equipa será “normal”. Durante a competição, com jogos de 7 a 13 de Agosto, a principal preocupação “é a boa recuperação das atletas”.
Quanto ao campeonato nacional, Miguel Santos garante não ter receio a entrada do Benfica: “chegou o Benfica, havia de chegar o FC Porto, o Vitória SC, o Rio Ave, Portimonense, Chaves, entre outros, a Liga devia ir até ao Algarve e mais para o interior, quanto mais qualidade houver, melhor é para nós. Não temos receio de nenhuma equipa, mas, claramente, os candidatos ao título são três, SC Braga, Sporting e Benfica, mas nós vamos lutar por reconquistar o título”, rematou o treinador.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.