Correio do Minho

Braga, terça-feira

Antestreia do filme “Tiro e Queda” encheu Teatro Municipal Sá de Miranda
PSP deteve três homens em Guimarães e em Braga por tráfico de haxixe

Antestreia do filme “Tiro e Queda” encheu Teatro Municipal Sá de Miranda

Jerónimo de Sousa diz que região “ainda não recuperou da recessão”

Alto Minho

2019-01-14 às 18h18

Redacção

Tiro e Queda”, que estreia a 17 de janeiro nos cinemas nacionais, apresenta-se como uma comédia, dirigida ao grande público, com um humor mordaz e satírico à atualidade portuguesa, que foi escrita por Eduardo Madeira e Filipe Homem Fonseca. Este filme enquadra-se na tradição das duplas cómicas da história do cinema e é uma adaptação da peça de teatro com o mesmo nome.

O Teatro Municipal Sá de Miranda acolheu ontem à noite a primeira antestreia nacional do novo filme do produtor Leonel Vieira, “Tiro e Queda”, que foi gravado integralmente em Viana do Castelo. A sala do Teatro Municipal encheu-se para receber a estreia do filme que foi gravado em vários espaços da cidade, com destaque para o navio-hospital Gil Eannes e o topo do monte de Santa Luzia.
No final da exibição, o Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, referiu que a autarquia apoiou, desde a primeira hora, a gravação do filme “Tiro e Queda”, por acreditar que esta é uma forma de divulgar amplamente a cidade em todo o país.
Já Leonel Vieira destacou a hospitalidade dos vianenses e a beleza natural da cidade, que engrandeceu esta produção cinematográfica. Também os atores principais, Eduardo Madeira e Manuel Marques, destacaram a importância de Viana do Castelo neste filme, acreditando que a beleza da cidade é um grande atrativo do filme.
“Tiro e Queda”, que estreia a 17 de janeiro nos cinemas nacionais, apresenta-se como uma comédia, dirigida ao grande público, com um humor mordaz e satírico à atualidade portuguesa, que foi escrita por Eduardo Madeira e Filipe Homem Fonseca. Este filme enquadra-se na tradição das duplas cómicas da história do cinema e é uma adaptação da peça de teatro com o mesmo nome.
“Eddie”, representado por Eduardo Madeira, é a figura operacional, forte, machão e bruto, mas com uma alma sensível, enquanto Manuel Marques é “Manecas”, profissional, enfezado e frágil.
Leonel Vieira é um dos realizadores/produtores portugueses mais bem sucedidos e com maior reconhecimento internacional. Realizou 10 longas-metragens, algumas das quais integram o top 10 dos filmes portugueses mais vistos de sempre e detém o maior box office do cinema contemporâneo nacional.
A gravação deste filme integra a política da Câmara Municipal de Viana do Castelo de apoio às produções audiovisuais no concelho, o que justificou a criação de uma Film Commission. A VianaFilm oferece, para além de um clima favorável, diversidade de cenários, paisagem natural e cultural riquíssima, excelentes acessibilidades e oferta hoteleira de excelência, diversas vantagens que vão desde a isenção de pagamento das taxas de ocupação do espaço público/ municipal; agilização dos procedimentos de emissão de licenças/ autorizações; e apoio logístico por parte dos serviços municipais – reserva de estacionamento, limpeza, cortes de via, entre outras.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.