Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Braga é Natal ilumina a cidade
Garfe: criar um museu dos presépios é o sonho do padre Luís Fernandes

Braga é Natal ilumina a cidade

Extraordinário concerto encerra Bienal Internacional de Flauta Transversal na Igreja do Mosteiro de S. Miguel de Refojos

Braga

2018-12-02 às 12h00

Isabel Vilhena

MILHARES DE PESSOAS assistiram ontem à inauguração das luzes de Natal. A cidade ilumina-se para receber o programa natalício e como prenda no sapatinho, Ricardo Rio gostaria de encontar um comprador para o Estádio Municipal de Braga.



Em Braga já é Natal. A cidade acendeu ontem as luzes natalícias.
Um momento aguardado por milhares de pessoas que se juntaram, na Arcada, para assistir à inauguração da iluminação da árvore de Natal e a decoração da fachada da Arcada que, este ano, surpreendem com uma iluminação interactiva inovadora.
“A novidade este ano vai para a interactividade que a árvore de Natal vai ter durante todo o dia com a iluminação da Arcada e que será, seguramente, um momento diferente e que irá marcar pela positiva a nossa cidade nesta época natalícia”, disse ontem Ricardo Rio, presidente da Câmara Municipal de Braga.
O autarca realçou os milhares de bracarenses que quiseram assistir a este momento “mágico” que teve lugar na Praça da República. Para Ricardo Rio “é a recompensa primeira para este esforço que fazemos para propiciar todas estas actividades é de vermos que os bracarenses aderem em massa”, assinalando ainda a “tónica distintiva desta época, o facto de as pessoas se deslocarem em família num ambiente de convívio, alegria e partilha que é aquilo que queremos valorizar nesta época de Natal.”
O edil bracarense assinalou a forte aposta na programação do ‘Braga é Natal’ que tem por objectivo “criar um ambiente distintivo e ser um destino turístico no período natalício a nível nacional e internacional. Queremos apoiar a dinamização do comércio tradicional, da hotelaria, da restauração e com todas estas iniciativas não faltam motivos acrescidos para vir à cidade de Braga e desfrutar de todas elas e ter uma experiência única e memorável.”
Quanto à prenda no sapatinho, Ricardo Rio confessou que “se pudesse chegar alguém e nos pudesse comprar o Estádio Municipal e aliviar-nos dessa enorme herança financeira que temos entre mãos, era algo que não me deixaria descontente.”

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.