Correio do Minho

Braga, terça-feira

Cabeceiras renova Parceria com a Universidade do Porto
Fernando Pimenta vence prova na China

Cabeceiras renova Parceria com a Universidade do Porto

Braga quer ser exemplo na descarbonização

Vale do Ave

2018-06-13 às 14h40

Redacção

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, no âmbito da defesa e valorização do Mosteiro de S. Miguel de Refojos mas não só, estabeleceu este protocolo com o intuito de consolidar a imagem da sua participação na História de Portugal que importa salvaguardar, assumir e rentabilizar social, cultural e turisticamente.

O Executivo Municipal, sob a presidência de Francisco Alves, aprovou por unanimidade, na sua reunião do passado dia 8 de Junho, a renovação do protocolo de colaboração que mantém há vários anos com a Faculdade de Letras da Universidade do Porto/CITCEM - Centro de Investigação Transdisciplinar nas áreas da cultura e do património.

O protocolo de colaboração tem como objeto a prossecução de iniciativas dirigidas ao desenvolvimento de investigação histórica, análise do património histórico, realização de atividades científicas e culturais, elaboração de estudos e ações de divulgação junto da comunidade científica e do público em geral, como é o caso da realização do 4º Seminário Internacional, a ocorrer em junho de 2019, uma iniciativa integrada no programa cultural 'Mosteiro de Emoções' onde será novamente colocada em evidência a importância e significado patrimonial e cultural do Mosteiro de S. Miguel de Refojos de Basto, às escalas regional, nacional, mas também europeia.

A Câmara Municipal de Cabeceiras de Basto, no âmbito da defesa e valorização do Mosteiro de S. Miguel de Refojos mas não só, estabeleceu este protocolo com o intuito de consolidar a imagem da sua participação na História de Portugal que importa salvaguardar, assumir e rentabilizar social, cultural e turisticamente.

São objetivos desta cooperação a conjugação de experiências e meios através de uma articulação eficaz, tendo em vista a realização de serviços especializados de interesse comum, o estabelecimento de intercâmbios de informação e documentação, a execução conjunta de projetos de investigação, entre outros.

O Município de Cabeceiras de Basto, ao promover em conjunto com o CITCEM/FLUP a investigação, recolha e tratamento de informação sobre este importante património, possibilitará a edição de publicações, estudos e documentos que caracterizam a história concelhia nacional e internacional, assumindo um importante contributo para esses estudos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.