Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
CDU pede o voto com a certeza de compromissos cumpridos
Triformis Técnica está de portas abertas à comunidade

CDU pede o voto com a certeza de compromissos cumpridos

Francisco Campos impõe-se ao sprint na Póvoa de Lanhoso

CDU pede o voto com a certeza de compromissos cumpridos

Braga

2019-08-13 às 10h17

Teresa M. Costa Teresa M. Costa

Lista dos 24 candidatos da CDU foi ontem entregue no Tribunal Judicial de Braga. A cabeça de lista espera que o trabalho desenvolvido ao longo de quatro anos se repercuta em mais votos.

“De cara levantada e com a certeza que cumprimos os compromissos que assumimos há quatro anos”. É assim que a CDU se apresenta pelo círculo eleitoral de Braga às eleições legislativas de Outubro.
Ontem, a CDU formalizou a candidatura com a entrega da lista no Tribunal Judicial de Braga.
A lista é composta por “homens e mulheres com forte ligação ao distrito de Braga, conhecedores da realidade do distrito, altamente comprometidos com o projecto político da CDU e comprometidos, também, em fazer avançar, quer o distrito, quer o país” afirmou a cabeça de lista que se recandidata à Assembleia da República, Carla Cruz.

O mandatário da candidatura, João Salgado Almeida, confirma uma “lista muito equilibrada com um percentagem de homens e mulheres distribuida de forma igualitária”, com uma “forte componente juvenil aliada à experiência” e que “contempla um grande leque de profissões representativas da sociedade”.
A cabeça de lista assume o objectivo de “ver reforçada a nossa composição, quer a nível de votos, quer de percentagem” com a certeza de “que a população do distrito reconhece o trabalho desenvolvido ao longo dos quatro anos”.
Carla Cruz reconhece que esta batalha eleitoral se trava “num contexto e num quadro difícil”, mas “aqui estamos para mostrar o que fizemos, mas sobretudo aquilo que somos capazes” realça.

A cabeça de lista não concretiza o objectivo eleitoral e vai dizendo: “queremos o que o povo nos quiser dar” com a convicção de que “a força que o povo nos quiser dar será a força que teremos na Assembleia da República”.
Aludindo ao trabalho realizado, Carla Cruz lança a questão: “um deputado da CDU fez todo este trabalho, o que seríamos capazes de fazer se tivéssemos mais deputados”.
A recandidata a deputada, contabiliza “um trabalho fortemente ligado ao distrito, um trabalho que permite fazer um levantamento e um trabalho rigoroso daquelas que são as necessidades e os problemas”, sem se limitar a fazer a denúncia dos problemas.
No total, ao longo dos quatro anos da legislatura, a CDU fez mais de 400 perguntas específicas e apresentou 27 projectos de resolução e projectos-lei.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.