Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Centenas disputam campeonatos escolares
Festas Gualterianas apostam no (re)encontro com a cidade

Centenas disputam campeonatos escolares

UMinho disponibiliza perto de três mil vagas em 57 cursos

Desporto

2019-05-18 às 06h00

Rui Serapicos

Viana do Castelo e Caminha acolhem hoje e amanhã cerca de 500 estudantes em competição nos campeonatos nacionais escolares de vela, surf, remo e canoagem. Mais 400 concluem hoje os regionais de futsal, basquetebol e voleibol.

“O desporto escolar é o maior clube nacional”, afirmou ontem, em Viana do Castelo, o ministro da Educação. Tiago Brandão Rodrigues, que falava ladeado dos presidentes das câmaras municipais de Viana do Castelo e de Caminha, lembrou: “também eu já estive desse lado, no desporto escolar e fui vice-campeão nacional de andebol”.
O membro do governo falava perante cerca de 500 alunos, vindos de todo o país, que hoje e amanhã disputam em Viana do Castelo e Caminha, a primeira edição do Campeonato Nacional Escolar de Actividades Náuticas, aos quais se juntaram cerca de 400 que, também em Viana do Castelo, concluem hoje a fase regional norte dos campeonatos nacionais de futsal, basquetebol e voleibol.
O Campeonato Nacional Escolar de Actividades Náuticas é levado a efeito pelo Ministério da Educação, no âmbito do Desporto Escolar.

As provas decorrem no Clube de Vela de Viana do Castelo (vela), Viana Remadores do Lima (canoagem), Praia do Cabedelo (surf) e Sporting Clube Caminhense (remo).
O ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, definiu o Desporto Escolar como sendo o “maior clube nacional em número de modalidades, como em número de praticantes”.
Nos últimos três anos, vincou ainda o governante, aumentaram de 31 para 56 os centros de formação desportiva de modalidades náuticas.

Na abertura estiveram também, entre outros, na qualidade de embaixadores do desporto escolar, o canoísta limiano Fernando Pimenta, medalha de prata olímpica (K2 1000m com Emanuel Silva) em Londres 2012 e medalha de ouro mundial de K1 1000m e K1 5000m e a atleta campeã olímpica de maratona, Rosa Mota.
O primeiro a intervir na sessão de abertura foi José Maria Costa, presidente da câmara de Viana do Castelo, que agradeceu ao governo a escolha do concelho e fez votos para que os estudantes “guardem boas recordações de Viana do Castelo”.
Miguel Alves, o presidente da câmara de Caminha, apontou o desporto como “escola da vida” e realçou a colaboração entre escolas, autarquias e governo.

Seis selecções competem no Europeu de Surf Adaptado

Viana do Castelo é palco, na próxima semana, do EuroSurf Adaptive 2019. Marta Paço, a jovem invisual vianense que no fim de 2018 conquistou uma medalha no mundial, representa a selecção nacional.
O evento decorre na Praia do Cabedelo com a presença de seis selecções nacionais.
Trata-se de uma parceria do Municipio, Surf Clube de Viana, Federação Europeia de Surf, Federação Portuguesa de Surf, Federação Portuguesa de Desporto para Pessoas com Deficiência, Instituto Português do Desporto e Juventude e Comité Paralímpico de Portugal.
Amanhã, pelas 18 horas, na Praça da República, vai ter lugar o desfile das selecções.

A prova, que está em processo de certificação como evento de surf sustentável, contar com equipas de Portugal, Espanha, Itália, França, Reino Unido e Alemanha. A selecção nacional é composta por Nuno Vitorino, Camilo Abdula, Nuno Maltez e Marta Paço, invisual formada pelo Surf Club de Viana, medalha de bronze no Mundial.
As competições irão decorrer de manhã, a partir das 8h30, de terça a sábado, com o domingo por dia extra, caso necessário.

 De 21 a 24 de Maio, vai ter lugar o International Adaptive Surf Congress, no Centro de Alto Rendimento de Surf de Viana, entre as 16h00 e as 18h00.
Este evento, com participação de especialistas internacionais, é aberto ao público.
Estão previstas intervnções dos representantes da International Surf Association da International Blind Sports Association , da Califórnia, do País Basco ou de Itália, em áreas como o surf adaptado esustentabilidade.
Surf Performance & Paralympics; “WillPower”; Living a Life of Purpose; Accessible, Tourism and Sustainability são temáticas das quatro conferências que prometem colocar este evento no mapa mundial de debate do futuro do surf.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.