Correio do Minho

Braga,

‘Contrafacção’ analisada em conferência em Famalicão
UMinho em programa revolucionário de monitorização global da biodiversidade

‘Contrafacção’ analisada em conferência em Famalicão

Mais de três centenas desfilam trajes em cortejo etnográfico pelo centro histórico

Vale do Ave

2019-05-20 às 12h44

Redacção

No dia 6 de Junho, o Município de Vila Nova de Famalicão, em parceira com a startup tecnológica Montra, promove uma conferência alusiva ao Dia Mundial da Contrafacção.

A Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão, em parceria com a startup tecnológica Monttra, promove uma conferência alusiva ao Dia Mundial Anticontrafacção, subordinada ao tema ‘Contrafacção: um negócio em que todos perdemos’. A iniciativa realiza-se no próximo dia 6 de Junho, a partir das 14.30 horas, na Casa do Território, Parque da Devesa, em Vila Nova de Famalicão.

Pretende-se identificar os impactos da contrafacção na economia portuguesa e analisar tendências, bem como as razões da compra de produtos contrafeitos pelos consumidores portugueses. Moderado pelo jornalista e comentador Paulo Ferreira, a conferência contará com a presença do Inspector Geral da ASAE, Pedro Portugal Gaspar, de Director da Direcção de Marcas e Patentes do INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial, André Robalo e da autora da tese de mestrado ‘Determinantes da (intenção de) compra de marcas de luxo contrafeitas’, Neuza Silva.
As inscrições gratuitas estão disponíveis no portal do Famalicão Made IN (www.famalicaomadein.pt), sendo limitadas à capacidade da sala.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.