Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Dilúvio de Guimarães mostrou que às vezes é melhor ter engenho do que (apenas) arte
Media Arts ‘ocupam’ edifício do GNRation

Dilúvio de Guimarães mostrou que às vezes é melhor ter engenho do que (apenas) arte

Obras na Casa das Artes de Arcos de Valdevez

Dilúvio de Guimarães mostrou que às vezes  é melhor ter engenho do que (apenas) arte

Desporto

2019-11-07 às 06h00

Ricardo Anselmo Ricardo Anselmo

Primeiro ponto na Liga Europa chegou depois de mais uma boa exibição dos conquistadores. Resultado não traduz número de oportunidades que os vimaranenses criaram. Frieza e pragmatismo ingleses castigaram desperdício português.

Uma entrada fortíssima, com quatro excelentes ocasiões para inaugurar o marcador - inclusive uma bomba de Pêpê Rodrigues ao poste - não foram suficientes para que o Vitória se colocasse por cima do resultado (1-1), perante um Arsenal com algumas segundas linhas e mais apostado em congelar o desafio na noite fria e muito chuvosa de Guimarães.

A verdade é que depois da avalanche ofensiva do primeiro tempo, o Vitória pareceu desacreditar um pouco nas suas capacidades e permitiu aos ‘gunners’ trocarem a bola a seu belo prazer, baixando linhas e cedendo a inciativa ao adversário, que nunca se mostrou muito interessado em grandes aventuras junto da baliza de Douglas.
Ainda assim, como manda a lei do pragmatismo britânico, do nada Mustafi, após um livre, cabeceou para o primeiro, reforçando toda a injustiça do resultado. O Vitória voltou a lançar-se no ataque e foi já na compensação que Bruno Duarte, com uma bicicleta, garantiu o empate que minimizou a injustiça. Rochinha ainda teve nos pés a cambalhota.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.