Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Escolas vianenses no pódio das Olimpíadas de Educação Financeira
Sophie Auster, Hindi Zahra, Lisa Gerrard e o Mistério das Vozes Búlgaras, Amadou & Mariam, Francisco el hombre, no Theatro Circo em maio e junho

Escolas vianenses no pódio das Olimpíadas de Educação Financeira

Portugal está no “bom caminho” com benefícios do Plano Juncker

As Nossas Escolas

2019-04-01 às 13h57

Redacção

Turmas do 4.º A da EB Breia de Cima (Afife) e a turma do 6.º E da EB de Abelheira conquistaram lugares no pódio das III Olimpíadas de Educação Financeira da Fundação Cupertino de Miranda.

Duas turmas de escolas do cincelho de Viana do Castelo conquistaram lugares no pódio das III Olimpíadas de Educação Financeira (OEF), promovidas pela Fundação Dr. António Cupertino de Miranda, na sua sede no Porto. A iniciativa decorreu no âmbito do projecto ‘No Poupar está o Ganho’, no qual a Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) é parceira.
A turma do 4.º A da EB Breia de Cima, de Afife, com a professora Mónica Franco, alcançou o 3.º prémio do 1.º ciclo do ensino básico.

Já a turma do 6.º E da EB de Abelheira, com a professora Paula Machado, da cidade de Viana do Castelo, alcançou o 3.º prémio do 2.º ciclo do ensino básico.
Foram sete as turmas do 1.º e 2.º ciclo do Alto Minho a participaram na grande final desta terceira edição das OEF.
Além das turmas que conquistaram lugares no pódio, participaram ainda as escolas do ensino básico de Âncora (4.º A 24), em Caminha; de Monção (4.º A); de Távora (Padre Himalaia - 4.º F), em Arcos de Valdevez; de Vila Nova de Cerveira (3.º A); de Crasto (3.º CR), em Ponte da Barca; e de Freixo (3.º/4.º A 5), em Ponte de Lima.

Em comunicado, a CIM Alto Minho explica que as OEF da Fundação Dr. António Cupertino de Miranda destinam-se a alunos do 1.º e 2.º ciclos de 34 municípios da região Norte. Concebida em 2010 para promover a literacia financeira junto de crianças e jovens em idade escolar, a acção teve como objectivo incentivar o interesse dos alunos pelos temas da educação financeira para que, de forma lúdica, se consciencializem da importância do dinheiro e adquiram competências com vista à aquisição de um comportamento responsável do ponto de vista financeiro.
As Olimpíadas materializam-se num ‘quizz’ cujas questões tinham de ser respondidas correctamente e no menor tempo possível. As perguntas aludiram aos vários temas de Educação Financeira que, de acordo com o Referencial de Educação Financeira publicado pelo Ministério da Educação, devem ser leccionados no 1.º e 2.º ciclo.

Na primeira etapa da competição realizada on-line, em Fevereiro, através da plataforma electrónica do projecto participaram mais de 2.200 alunos.
Estiveram presentes na final, anteontem, 850 alunos das turmas finalistas de cada um dos municípios onde o projecto está a ser implementado.
A final contou com a presença da Comissão Reguladora das OEF, constituída por representantes da Fundação Cupertino de Miranda, do Ministério da Educação, da Faculdade de Economia da Universidade do Porto e do Banco de Portugal.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.