Correio do Minho

Braga, terça-feira

- +
Escuteiros devem servir seguindo o exemplo da Rainha Santa Isabel
A’art-VEZ 2019 celebra obra e tempo de Teixeira de Queiroz

Escuteiros devem servir seguindo o exemplo da Rainha Santa Isabel

PS ouviu população de Mire de Tibães

Escuteiros devem servir seguindo o exemplo da Rainha Santa Isabel

Vale do Ave

2019-10-14 às 12h44

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Abertura do Ano Escutista, em Guimarães, ficou marcada pela atribuição a José Manuel Fernandes Antunes da mais alta distinção do CNE e pelo apelo de D. Nuno Almeida para que os escuteiros sigam o exemplo da Rainha Santa Isabel, servindo sem esperar recompensa.

Mais de 8000 crianças e jovens escuteiros, pertencentes a 196 Agrupamentos, participaram ontem na Abertura Regional do Ano Escutista, que decorreu em Guimarães, e que ficou marcada pela atribuição da mais alta distinção do CNE - Corpo Nacional de Escutas, o Colar Nuno Álvares, a José Manuel Fernandes Antunes.
Foi das mãos de Ivo Faria, chefe nacional do CNE, que José Manuel Antunes recebeu a homenagem que o agracia pelos “extraordinários serviços” que, ao longo de mais de 41 anos, tem prestado ao escutismo católico português.
Foi na fase final da eucaristia, presidida por D. Nuno Almeida, que o agraciado foi surpreendido com esta homenagem. E aproveitou para deixar uma mensagem aos milhares de jovens que encheram o Multiúsos de Guimarães: “Desde o momento da promessa, cada um de nós deve fazer aquilo a que se compromete. Devemos servir, ser exemplo, trabalhar em prol dos outros sem esperar recompensa”.

Agradeceu, emocionado a homenagem, e deixou um último apelo: “que cada um de nós saiba ser exemplo, saiba ser um discípulo de BP (Baden-Powell) e deixar o mundo um pouco melhor”.
Momentos antes, na homilia, D. Nuno Almeida passou precisamente a mesma mensagem, aludindo ao tema da abertura deste novo ano escutista — ‘Semear para os outros’ — e referindo aos escuteiros que, durante o próximo ano, devem ter na Rainha Santa Isabel “um exemplo de vida”.

O bispo auxiliar de Braga recordou que a Rainha Santa Isabel soube cuidar tanto dos grandes como dos pequenos, dos que tinham muito poder e daqueles que estavam mais fragilizados na sociedade.
Também Ivo Faria, na mensagem que partilhou aos jovens, referiu que “servir” será a palavra que os escuteiros querem valorizar neste novo ano escutista. “O amor em acção, nos escuteiros, é o serviço. Servir é ser útil. Nós somos úteis se praticarmos o bem diariamente”, afirmou desejando um bom ano escutista aos mais de 8000 crianças e jovens que o escutavam.
Na sessão discursou também Domingos Bragança, presidente da Câmara de Guimarães, que assistiu à eucaristia. O edil referiu que Guimarães conta com os escuteiros para fazer “uma Guimarães melhor, uma região melhor, um Portugal melhor e uma Humanidade melhor”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.