Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Eurorregião reclama olhar mais próximo da UE
Loja Social de Esposende festejou 8.º aniversário

Eurorregião reclama olhar mais próximo da UE

Município de Fafe equipa escolas com Salas de Aula do Futuro

Eurorregião reclama olhar mais próximo da UE

Braga

2019-11-15 às 06h00

Isabel Vilhena Isabel Vilhena

‘A UNIÃO EUROPEIA E A PROXIMIDADE COM A EURORREGIÃO. QUE FUTURO?’ é o tema da conferência, promovida pelo jornal’Correio do Minho’ e a rádio ‘Antena Minho’, que se realiza hoje, a partir das 10 horas, no Museu dos Biscainhos.

A União Europeia e a Proximidade com a Eurorregião. Que futuro? é o mote da conferência que se realiza, esta sexta-feira, no Museu dos Biscainhos.
Trata-se da quinta conferência que o jornal Correio do Minho e a rádio Antena Minho promovem em co-organização com o Eixo Atlântico do Noroeste Peninsular.
Paulo Monteiro, director do Correio do Minho/Antena Minho afirma que “a conferência visa contribuir para uma maior aproximação à eurorregião que é dada como exemplo pela União Europeia”.
A sessão inaugural vai contar com a presença de Ricardo Rio, presidente da Câmara de Braga e também da Assembleia Geral do Eixo Atlântico, de Xoan Vásquez Mao, Secretário-geral do Eixo Atlântico e de Paulo Monteiro, director do Correio do Minho/Antena Minho.
A primeira conferência irá debater ‘A importância da Europa para a Eurorregião?’ que contará com as intervenções dos eurodeputados José Manuel Fernandes; de Isabel Carvalhais; Paulo Ramalho (vereador de Economia e Relações Internacionais da Câmara da Maia); de José Maria Costa (Comité Europeu das Regiões) e de Ricardo Rio (Comité Europeu das Regiões).
Numa espécie de antevisão do futuro, o segundo painel da conferência irá debater ‘O futuro que nos aguarda’ que tem como oradores João Faria (assessor de política regional em Portugal da Comissão Europeia); Carlos Pazos-Justo (professor de Estudos Espanhóis e Hispano-Americanos do departamento de Estudo Românicos da Universidade do Minho; de Alessandra Silveira (titular da Cátedra Jean Monnet da Universidade do Minho); Pedro Froufe (director do Centro de Estudos em Direito da União Europeia da Universidade do Minho): e Xosé Luis Méndez Romeu (coordenador do relatório sobre Política de Acção Externa para a Galiza).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.