Correio do Minho

Braga, terça-feira

Fundação Bienal de Arte de Cerveira recebeu distinção na Galiza no Dia Internacional dos Museus
Oito detidos por tráfico de droga em Braga e em Guimarães

Fundação Bienal de Arte de Cerveira recebeu distinção na Galiza no Dia Internacional dos Museus

Celorico de Basto recebeu as Olimpíadas do Desporto

Alto Minho

2019-05-22 às 15h24

Redacção

No âmbito do Dia Internacional dos Museus "Xornadas de Portas Abertas", a Fundação Bienal de Arte de Cerveira foi distinguida como Membro de Honra pela Fundación Casa-Museo de Camaño Xestido "A Mangallona", em Cangas de Morrazo, província de Pontevedra. O prémio foi entregue pelas mãos do alcalde de Cangas, Xosé Manuel Pazos, e pelo artista Camilo Xestido ao diretor artístico da FBAC, Cabral Pinto.

A Fundação Bienal de Arte de Cerveira foi reconhecida na Galiza, pela sua alargada trajetória na promoção, divulgação e defesa das artes plásticas e da cultura em geral, em favor da valorização do ser humano.
Nas palavras do diretor artístico da bienal de arte mais antiga do país e da Península Ibérica, Cabral Pinto, “este reconhecimento sublinha a importante colaboração que ambas as fundações têm mantido nos últimos anos, que tem reforçado as ligações com a Galiza e levado a uma maior participação de artistas espanhóis”.
A cerimónia decorreu na Fundación Casa-Museo de Camaño Xestido "A Mangallona", onde consta o espólio do pintor e escultor galego Camilo Camaño Xestido e de artistas convidados, que conta com mais de 3000 obras de arte.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.