Correio do Minho

Braga, terça-feira

Geração Lanhoso incentiva partilha de recursos entre instituições
Jovens isentos de taxas de construção de primeira habitação em Vila Nova de Cerveira

Geração Lanhoso incentiva partilha de recursos entre instituições

Guimarães avança Plano Municipal de Promoção da Actividade Física

Cávado

2018-10-08 às 19h18

Redacção

A Sala de Snoezelen trata-se de um espaço equipado com material de estimulação sensorial. É um local feito de luz, sons, cores, texturas e aromas, onde os objetos são coloridos e disponibilizados para serem tocados e admirados.

Duas instituições Povoenses que trabalham a problemática da deficiência estão envolvidas numa experiência-piloto de partilha de recursos, no âmbito do projeto Geração Lanhoso.

Desta forma, a ASSIS – Associação de Solidariedade Social, Integração e Saúde do Norte e a AADVDB – Associação de Apoio a Deficientes Visuais do Distrito de Braga encontram-se a partilhar uma Sala de Snoezelen, com benefícios claros para os/as respetivos/as utentes.

A Sala de Snoezelen trata-se de um espaço equipado com material de estimulação sensorial. É um local feito de luz, sons, cores, texturas e aromas, onde os objetos são coloridos e disponibilizados para serem tocados e admirados.

Embora a terapia de Snoezelen tenha sido desenvolvida como atividade específica para a deficiência mental profunda, aquela não se destina exclusivamente a esse grupo de pessoas e estende-se a um domínio muito vasto: idosos/as dependentes, pessoas portadoras de deficiência e até crianças com necessidades educativas especiais. Esta terapia é uma alternativa e complementar à fisioterapia, à animação sócio cultural e à terapia ocupacional, de entre outras, proporcionando assim uma maior qualidade de vida.

A ASSIS é detentora deste equipamento e partilha-o com a AADVDB uma tarde por semana. Já a AADVDB abre portas aos/às utentes da ASSIS no que se refere a participar em atividades lúdicas, tais como a tecelagem e o grupo de cavaquinhos, de entre outras.

Esta partilha teve início em maio do presente ano, com uma paragem no mês de agosto pelas variadas atividades de verão a decorrer nas duas instituições. As sessões foram retomadas no mês de outubro, estando a ter um impacto muito positivo.

De lembrar que o projeto Geração Lanhoso, no âmbito da sua ação 15 – Desenvolvimento de instrumentos que facilitem a mobilidade de pessoas e serviços de utilidade publica, a nível local, reduzindo o isolamento e a exclusão social – procedeu à sensibilização de responsáveis das instituições sociais locais para a importância da partilha de recursos entre estas, sejam eles recursos humanos, materiais e/ou físicos.
Numa ficha aplicada a cada instituição, conseguiu-se perceber que existem instituições que sentem necessidade de adquirir equipamentos que outras entidades locais já possuem.
Ora, por forma a unir esforços e otimizar recursos, foi proposto a duas instituições que realizassem a já referida experiência de partilha de recursos no sentido de preencher uma lacuna e uma necessidade sentida por outra instituição.

O projeto Geração Lanhoso tem a Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso como parceiro local e a Sol do Ave como entidade promotora e coordenadora, sendo promovido no âmbito do Programa Operacional Inclusão Social e Emprego (POISE), Tipologia de operação, Contratos Locais de Desenvolvimento Social (CLDS 3G) financiado pelo Fundo Social Europeu.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.