Correio do Minho

Braga, terça-feira

Guimarães candidata ao Nacional de BTT-XCO
Jantar Humanitário angaria verbas para apoiar projectos da instituição

Guimarães candidata ao Nacional de BTT-XCO

População de Mire de Tibães não quer dois cemitérios na freguesia

Desporto

2018-10-10 às 13h55

Redacção

Centro de Ciclismo do Minho em Souto Santa Maria (Guimarães) é o local que a Associação de Ciclismo do Minho propõe para organização, em 2019, do Campeonato Nacional de BTT XCO/Cross Country Olímpico.

A Associação de Ciclismo do Minho (ACM) formalizou uma candidatura à organização, em 2019, do Campeonato Nacional de BTT XCO (Cross Country Olímpico) no Centro de Ciclismo do Minho - Souto Santa Maria (Guimarães).
A candidatura já se encontra em apreciação pela Federação Portuguesa de Ciclismo e reúne o apoio da Câmara Municipal de Guimarães e da União das Freguesias de Souto Santa Maria, Souto São Salvador e Gondomar, informou a ACM.

O Campeonato Nacional de BTT XCO é das provas mais importantes da época desportiva e destina-se a todos os escalões etários competitivos, devendo ser agendado para Julho, sendo a confirmação da data um atributo da UCI - Union Cycliste Internationale.
Embora haja outras candidaturas, a ACM acredita no sucesso da candidatura vimaranense.

Entre outros factores,?refere “valências e a qualidade do Centro de Ciclismo do Minho - Souto Santa Maria (Guimarães) que acolheu recentemente e com sucesso o Campeonato do Mundo Universitário de BTT XCO”.
“Estamos confiantes mas também cientes das dificuldades e da responsabilidade”, referem os dirigentes, recordando que “o Centro de Ciclismo proporciona boas condições para actividades de recreio, formação, treino e competição.

Pedro Vigário, seleccionador nacional de BTT que inclui no palmarés a conquista de campeonatos do Mundo e da Europa de XCM e nas provas de XCO nos jogos olímpicos, taças do mundo e campeonatos do mundo, considerou aquando da inauguração da segunda fase do projecto que “o Centro de Ciclismo do Minho reveste-se de importância fundamental, não só sob o ponto de vista de uma infraestrutura de alta qualidade que servirá de apoio à alta competição, mas também pela sua disponibilidade para a população em geral, em especial a comunidade do BTT (cada vez mais alargada) que desta forma, usufruirá de um espaço com todas as condições e valências para a prática do BTT de forma tranquila e segura, sem deixar de ser desafiante e numa envolvência de grande beleza natural”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.