Correio do Minho

Braga, sábado

Jovens do Conselho Consultivo adquiriram competências ao nível do desenvolvimento sustentável
Vimieiro acolhe Festival Folclórico com três grupos convidados

Jovens do Conselho Consultivo adquiriram competências ao nível do desenvolvimento sustentável

Ferido grave após queda de escada em pedreira de Monção

Vale do Ave

2019-06-18 às 23h30

Redacção

Alunos dos vários estabelecimentos de ensino secundário e profissional de Guimarães participaram na reunião do Conselho Consultivo.

Os jovens voltaram a ser desafiados a serem influenciadores sobre o futuro da sustentabilidade em Guimarães, no Conselho Consultivo da Estrutura de Missão Guimarães 2030. A segunda parte da reunião dos “Influenciadores para a Cidade Sustentável” decorreu esta terça-feira, 18 de junho, na Casa da Memória de Guimarães, com a participação de duas dezenas de alunos dos vários estabelecimentos de ensino secundário e profissional de Guimarães.


A sessão, dinamizada por Carlos Santos e Filipa Pereira, traduziu-se numa experiência de auto aprendizagem ativa através de um conjunto de desafios realizados na plataforma on-line Badgecraft.eu, onde os estudantes obtiveram competências cívicas, humanas e sociais, bem como um certificado.


No final da sessão, a vice-presidente da Câmara Municipal, Adelina Pinto, vincou uma vez mais a importância das sessões de trabalho com os jovens, alertando-os que “a participação é fulcral”. “Cada um de vós tem de ser chamado a dar o seu contributo para ajudar a construir um caminho mais sustentável. O vosso sentido crítico é muito importante para nós. Espero que levem daqui algo que vos construa e reconstrua”, assinalou.


Estas reuniões decorrem do funcionamento da Estrutura de Missão para o Desenvolvimento Sustentável Guimarães 2030, cujo Conselho Consultivo está representado por mais de 400 organizações do concelho, aliando o conhecimento científico à gestão do território, com a presença da Universidade do Minho (UM), Universidade de Trás-Os-Montes e Alto Douro (UTAD), Universidade das Nações Unidas (UNU) e o Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA).

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.