Correio do Minho

Braga,

- +
Junta de Celeirós entrega diplomas de certificação
Moreirense teve o pássaro na mão mas deixou-o voar

Junta de Celeirós entrega diplomas de certificação

Estruturas em forma de peixe motivam à reciclagem

Junta de Celeirós entrega diplomas de certificação

Braga

2010-03-07 às 06h00

Paula Maia Paula Maia

Trinta e cinco formandos receberam diplomas de certificação do 9.º e 12.º ano. Presidente da junta revela que cursos, a funcionar em regime pós-laboral, vão intensificar-se.

A Junta de Freguesia de Celeirós procedeu, na passada sexta-feira, à entrega de 35 diplomas de certificação a igual número de formandos que completaram o ensino básico e secundário através do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) escolares.

Os diplomas — 17 do ensino secundário e 18 do ensino básico — foram, atribuídos pelo Centro Novas Oportunidades do Cenfim — Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica, com quem a Junta de Freguesia de Celeiros estabeleceu um protocolo.

É graças a este protocolo que, desde 2008, o edil liderado por António Veiga tem permitido com que vários cidadãos, não só da freguesia como de várias localidades circundantes, frequentam, em regime pós-laboral, cursos que lhes permitem concluir o ensino básico e o ensino secundário.
A maioria destes formandos são referenciados pelas empresas de indústria metalúrgica e metalomecânica.

Esta é uma oportunidade com muitos cidadãos anseiam. A certificação obtida através do pro-cesso de RVCC, quer escolares ou profissionais, permite não só a valorização pessoal, social e profissional, mas também o prosseguimento de estudos ou de formação.

Consciente desta importância, António Veiga, presidente da junta de freguesia, referiu, no final da cerimónia de entrega dos diplomas, que estes cursos vão continuar e até intensificarem-se.
“Estou muito satisfeito. O nosso trabalho tem como objectivo apetrechar as pessoas de novas competências e validar as que já foram adquiridas ao longo do seu percurso profissional”, afirma o autarca.

Os formandos que concluíram o ensino básico vão prosseguir o seu percurso para obter a certificação do ensino secundário.
Neste momento, na junta de Celeirós, estão a funcionar quatro turmas do básico e outras tantas do secundário com vista à certificação.

Inscrições

Os interessados em frequentar este processos de RVCC podem efectuar a sua inscrição na junta de freguesia de Celeirós.

Laura Guedes concluiu o 9.º ano

Laura Guedes, cerzideira de profissão e natural da freguesia de Celeirós, tinha apenas o 6.º ano de escolaridade. Quando surgiu esta oportunidade “não pensei duas vezes”. Foi uma dos 18 formandas que recebeu o diploma do 9.º ano. “Vamos ver se surgem novas oportunidades”, diz a formanda que agora pretende concluir o 12.º ano. Sobre o curso que frequentou, Laura revela que o mais difícil foi a Matemática. Já são muitas anos fora da escola”.

Laura é uam apaixonada por bordados e não esconde o sonho de fazer alguma coisa nessa área.
“Gostava de fazer alguma coisa relacionado com os bordados. Mas as coisas estão bastante difícies”, diz a formanda, tendo em conta a crise económica que atravessamos as dificuldades que isso implica em termos de riscos em novos projectos.

Guilhermina Dias finalizou o 12.º

Guilhermina Araújo Dias completou o 12.º ano também através do processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências Escolares. Esta funcionária pública, que possuía o antigo 7.º ano, também não perdeu esta oportunidade. “Não sei o que me espera. A admissão na função pública exige actualmente o 11.º ano, mas no futuro será preciso o 12.º”, diz Guilhermina.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.