Correio do Minho

Braga, sábado

Mais acidentes e mais mortes na estrada
34 novas empresas por mês em Famalicão

Mais acidentes e mais mortes na estrada

INL vence Prémio Bartolomeu de Gusmão em Propriedade Intelectual

Casos do Dia

2018-06-06 às 12h30

Teresa M. Costa

No Minho confirma-se a tendência nacional de aumento do número de acidentes. No distrito de Braga, aumentou também a mortalidade. As estatísticas são da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária.

Nos primeiros cinco meses de 2018, já se registaram mais acidentes de viação e mais mortes em consequência deste tipo de sinistralidade no distrito de Braga.
Braga e Viana do Castelo seguem a tendência nacional de aumento da sinistralidade rodoviária, mas foi nas estradas do distrito de Braga que o número de acidentes mais aumentou, em comparação com o período homólogo de 2017.
De acordo com o mais recente relatório da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), entre 1 de Janeiro e 31 de Maio de 2018, registaram-se, no distrito de Braga 4558 acidentes, mais 226 em comparação com igual período do ano passado.
Braga é o terceiro distrito de Portugal continental com mais acidentes de viação, revela o mesmo relatório.
O distrito de Braga sobressai, também na mortalidade com 11 mortes, até 31 de Maio, mais duas do que em igual período de 2017.

A estas mortes somam-se mais duas resultantes de acidentes de viação no distrito de Viana do Castelo, onde a mortalidade decresceu, em comparação com o período homólogo.
No contexto nacional registaram-se menos três mortes, revela a ANSR no seu relatório.
De fora desta contabilidade ficam os feridos graves que morrem nos 30 dias posteriores ao acidente e que só são contabilizados seis meses depois.
Os feridos graves em consequência de acidentes de viação diminuíram no distrito de Braga, mas aumentaram no distrito de Viana do Castelo.

No distrito de Braga, registaram-se, entre 1 de Janeiro e 31 de Maio, 41 feridos graves, menos 16 em comparação com o mesmo período do ano transacto, acompanhando a tendência nacional.
No distrito de Viana do Castelo, aumentou o número de feridos graves com um total de 15, mais dois comparando com o período homólogo de 2017.
O relatório da ANSR revela, também, um aumento do número de feridos leves em consequência de acidentes de viação, com mais 48 vítimas a nível nacional.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.