Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Município de Esposende aposta na sustentabilidade
Endiabrado Henry marca quatro na goleada sobre o CD Mafra

Município de Esposende aposta na sustentabilidade

Fábrica de Chocolate semeia valor da família e da amizade

Cávado

2018-12-05 às 06h00

Redacção

Câmara prevê investir cerca de 25,5 milhões de euros em 2019, em acções e projectos que permitam atingir o desenvolvimento sustentável.

A promoção da sustentabilidade em todas as vertentes é a grande aposta do município de Esposende para 2019.
Com o orçamento aprovado pela Assembleia Municipal, o município esponsendense prevê realizar, em 2019, investimentos na ordem dos 25,5 milhões de euros, tendo por base os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas.
“Reconhecendo o Desenvolvimento Sustentável como um dos grandes desafios mundiais e ciente do papel das autarquias enquanto instituições públicas vocacionadas para servir o interesse público local, dando corpo às ambições, preocupações e necessidades dos cidadãos, o município de Esposende assume o compromisso de contribuir activamente para a implementação dos objectivos de desenvolvimento sustentável, e de fazer dos mesmos uma prioridade absoluta ao nível das suas atividades e áreas de intervenção”, lê-se numa nota enviada pela Câmara Municipal de Esposende à comunicação social.
“Estamos a preparar o concelho para o futuro, planeando e delineando estratégias que, a médio e longo prazo, farão de Esposende um município ainda melhor, mais atractivo para as pessoas, para as empresas e mais sustentável”, refere o presidente da Câmara Municipal de Esposende. Benjamim Pereira explica que “é exactamente nesse contexto de promoção da sustentabilidade, em todas as suas vertentes – ambiental, económica e social - que é relevante iniciar-se um processo de avaliação do impacto que toda a nossa actividade representa, designadamente o nosso contributo para os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável”.
No que se refere à ‘Acção Climática’, está prevista a criação de uma rede de ecovias no concelho, materializando o conceito de mobilidade suave e a adesão ao Plano de Acção de Mobilidade Urbana Sustentável.
Na vertente da ‘Igualdade de Género’, está a ser elaborado o Plano Municipal para a Igualdade de Género.
A ‘Erradicação da Pobreza’, continua a ser um dos objectivos principais, com a aplicação do Plano de Requalificação de Habitações Degradadas, e a implementação do programa ‘Habita +’, para apoiar as famílias carenciadas no arrendamento. Estão também previstas várias actividades inseridas no plano ‘Activo+’, destinado à população sénior do concelho.
Na área da Educação, continua a aposta no combate ao insucesso escolar, em programas educativos, na atribuição de manuais escolares gratuitos a alunos do primeiro cíclo do ensino básico, e nas bolsas de estudo para o ensino superior.
O sector ambiental continua a merecer a atenção da edilidade esposendense através do programa ‘Bandeira Azul da Europa’ e da acção do Observatório Marinho de Esposende.
Os objectivos de desenvolvimento sustentável vão ser alvo de uma sessão de esclarecimento agendada para amanhã em Esposende.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.