Correio do Minho

Braga, segunda-feira

- +
Noite memorável na antestreia de ‘Variações’
Sushi Brazil conquista clientes com serviços de take away e entregas

Noite memorável na antestreia de ‘Variações’

Município de Viana do Castelo estabelece protocolo para recuperar ‘Auto de Floripes’

Noite memorável na antestreia de ‘Variações’

Cávado

2019-08-21 às 11h00

Marlene Cerqueira Marlene Cerqueira

Foi uma noite memorável aquela que Amares viveu anteontem com a antestreia absoluta de ‘Variações’. O filme sobre um dos mais famosos filhos da terra foi exibido no Parque das Termas, em Caldelas, tendo contado com milhares de espectadores.

O Parque das Termas, em Caldelas, transformou-se numa grande sala de cinema ao ar livre para a antestreia absoluta de ‘Variações’, o filme sobre a vida do amarense António Variações, que se tornou figura ímpar pela sua ousadia, pelo seu talento e pela sua determinação. Um artista que inspirou e continua a inspirar gerações.
Numa sessão que reuniu milhares de espectadores, destacou-se a presença do realizador de ‘Variações’, Sérgio Maia. do produtor do filme, Fernando Vendrell, e do actor Sérgio Praia, que interpreta o papel principal.
No final da exibição, Sérgio Praia mostrou-se satisfeito com a reacção do público, destacando a importância desta antestreia absoluta decorrer no concelho onde António Variações nasceu.
“O mais importante para mim é celebrar António Variações, a sua música e a sua terra. Por isso é que viemos cá fazer esta apresentação para as pessoas de Amares. Foi importante estarmos cá no nascimento deste trabalho”, disse.
Sérgio Praia falou ainda sobre a importância desta película na sua vida: “Foi um projecto muito importante para a minha vida, como é evidente, mas acima de tudo é uma celebração que fazemos a todas as pessoas que sonham, que saem da sua zona de conforto e vão à procura do seu sonho”.
Numa primeira reacção à antestreia de ‘Variações’, o realizador do filme, João Maia, mostrou-se “emocionado”, destacando que “foi uma noite muito bonita”.
“Espero que as pessoas tenham gostado e pareceu-me que sim. Estou muito contente”, acrescentou, revelando ainda que ficou satisfeito com o resultado final e que fez “o filme que queira fazer”, um projecto que tinha há quase duas décadas.
Com a crítica a apontar já ‘Variações’ como o “filme do ano”, o realizador foi questionado sobre a possibilidade de o filme poder ser premiado no estrangeiro ou ser o representante português para o Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, tendo respondi- do com uma postura realista: “Ainda estamos numa fase em que vai haver uma escolha sobre o filme português que depois será um dos candidatos ao Óscar de Melhor Filme Estrangeiro. É um processo muito difícil. Envolve muito lobby e muitas coisas e não sei se estamos preparados para isso”.
Isidro Araújo, vice-presidente e vereador da Cultura da Câmara de Amares, também assistiu ao filme. “Gostei do filme. Traça o percurso da vida de um homem que foi à luta e que venceu, com todas as agruras e dificuldades. António Variações foi um homem que foi ele próprio. Lutou por aquilo em que acreditava. Teve um projecto de vida que é de louvar. Merece todo o nosso apoio. É um exemplo de força, de coragem, de tenacidade e de luta pelos seus ideais”, disse.
O autarca também se mostrou satisfeito pelo Município ter conseguido trazer para Amares a antestreia absoluta do filme sobre um filho da terra — António Variações nasceu em Fiscal, em 1944.
“Percebemos que ia ser difícil ter cá a antestreia, mas negociamos com a distribuidora a quantidade de espectadores e chegámos a entendimento. Foi uma atenção muito especial para com os amarenses e que muito nos enaltece. O Sérgio chorou o filme quase todo, foi uma noite de emoção”, contou.
O filme ‘Variações’ tem estreia marcada para as salas de cinema amanhã o e foca, segundo a produtora, “o processo de transformação na persona de António Variações, artista excêntrico e popular cuja carreira fulgurante foi interrompida pela sua morte”. Uma “homenagem a todos os que ainda hoje perseguem os seus sonhos aspirando transformar as suas vidas”, assim se define esta produção que está a cargo da David & Golias.
Além de Sérgio Praia, o elenco do filme conta com outros actores como Filipe Duarte, Victoria Guerra, Teresa Madruga, Augusto Madeira, Afonso Lagarto, Tomás Alves e José Raposo.
A banda sonora será editada no dia 23 pela Sony Music Portugal, um dia depois da estreia em formato físico e digital, contando com ‘Quero dar nas vistas’, tema inédito recriado por Armando Teixeira, dos ‘Balla’, propositadamente para o filme.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.