Correio do Minho

Braga,

- +
“Oferta integrada” justifica stand próprio na BTL do Município de Fafe
Bilharistas vianenses Henrique Correia e Vânia Franco recebidos na Câmara Municipal depois de se sagrarem campeões europeus

“Oferta integrada” justifica stand próprio na BTL do Município de Fafe

Festa da História tem Caminhos de Santiago como referência

“Oferta integrada” justifica stand próprio na BTL do Município de Fafe

Vale do Ave

2019-03-14 às 06h00

Patrícia Sousa Patrícia Sousa

Pela primeira vez, o Município de Fafe apresenta um stand próprio na Bolsa de Turismo de Lisboa. Presidente da autarquia, que ontem marcou presença na abertura, aposta em “três eixos estratégicos”.

O desporto automóvel, a ligação ao Brasil e a natureza são os “eixos estratégicos” que o Município de Fafe quer promover no stand próprio na Bolsa de Turismo de Lisboa, que decorre até domingo na FIL. “Faz cada vez mais sentido estar aqui com stand próprio, porque temos uma oferta integrada”, justificou o presidente da Câmara Municipal de Fafe, Raul Cunha, admitindo que este é “o acompanhar do movimento dos privados que criam oferta turística”.
Esta é a primeira vez que o Município de Fafe participa de forma individual com stand próprio, já que em edições anteriores marcou presença através da Entidade Regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal.
Em representação do concelho de Fafe participam vários empreendimentos turísticos locais, bem como empresas de animação que têm apresentado vários produtos e ofertas.

A representação de Fafe na Bolsa de Turismo de Lisboa é concretizada sob os motes: ‘Terra de Encantos, Terra de Sabores, Terra de Emoções e Terra de Cultura’. Para cada um destes temas, estão programados momentos que farão jus a estes conceitos, revelando, assim, uma montra daquilo que o concelho oferece, convidando todos a ‘Descobrir Fafe’, não esquecendo aqui também a vertente gastronómica com a vitela assada à moda de Fafe. Por isso, durante estes cinco dias, serão promovidos no certame diversos eventos e motivos turísticos do concelho, que vão desde a gastronomia fafense, passando pela natureza, pela cultura ou pelo o desporto.
Com a aposta numa “oferta integrada”, o Município de Fafe quer divulgar três “eixos estratégicos” neste certame reconhecida no sector como o evento mais importante na área do turismo em Portugal e como um ponto de encontro de profissionais.

“Queremos apostar no desporto automóvel, no qual já somos uma referência”, assumiu Raul Cunha. Mas há mais. “Queremos também aproveitar a nossa ligação ao Brasil, já que os monumentos e construções com mais significado do concelho têm a ver com os brasileiros de torna-viagem, estando já identificadas mais de 50 casas características dessa arquitectura”, adiantou ainda o autarca, referindo-se também ao eiso natureza, evidenciando aqui a importância das praias fluviais ou da Barragem de Queimadela.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.