Correio do Minho

Braga, quarta-feira

- +
Planetário de Braga celebra meio século da chegada do Homem à Lua
Iniciou obra do Canil Municipal

Planetário de Braga celebra meio século da chegada do Homem à Lua

Chuva intensa não esmoreceu o ânimo dos participantes em roteiro literário ribeirapenense sobre Camilo

Planetário de Braga celebra meio século da chegada do Homem à Lua

Braga

2019-07-21 às 09h00

Paula Maia Paula Maia

Exibição de filmes sobre a Missão Apollo 11, a inauguração de uma exposição com jornais de 20 de Julho de 1969, réplicas de rochas lunares, selos e moedas comemorativas e um teatro interactivo para crianças foram as actividades realizadas ontem.

Fez ontem precisamente 50 anos que o Homem chegou à Lua e o Planetário - Casa da Ciência de Braga, sediado em Gualtar, assinalou este facto histórico com um leque de actividades dirigidas às crianças, mas também aos adultos.
A missão Apollo 11 e os astronautas que ficaram para sempre ligados à história da humanidade - Neil Armstrong e Buzz Aldrin que alunissaram o módulo lunar Eagle, e ainda Michael Collins que pilotou sozinho o módulo de comando Columbia na órbita da Lua - foram ontem recordados em várias actividades que o Planetário de Braga preparou para comemorar este dia memorável.
Logo à entrada do centro foi projectado um filme narrado por Neil Armstrong, um dos protagonistas da missão e o primeiro homem a pisar solo lunar, que, em alguns minutos, explica toda a viagem, desde a sua preparação até ao regresso à terra.

No Planetário estreou também um outro filme - o mesmo que foi exibido durante o dia de ontem em Constância, onde decorreu a Astrofesta Nacional - que retrata esta missão espacial. “O filme que estreamos hoje explica a missão desde o lançamento do foguete até à viagem, os momentos em que os astronautas pisaram a Lua e a viagem de regresso”, referiu ao ‘CM’ João Paulo Vieira, director da Casa da Ciência de Braga.
Além dos filmes, na Casa da Ciência foi inaugurada uma exposição - patente até 20 de Agosto - composta de vários materiais alusivos à efeméride. Entre eles estão livros e revista da época que falam desta missão, incluindo jornais locais, nacionais e internacionais (como o The New York Times) que fizeram manchetes com a chegada do Homem à Lua.

Entre os materiais expostos estão também réplicas de amostras de rochas lunares, uma réplica do próprio Saturno V - o foguete utilizado nesta missão - para além de moedas e selos comemorativas da época.
Os mais novos tiveram oportunidade de participar numa peça de teatro interactivo dinamizado pela ‘Animantes’ com o tema ‘First Man- Oh Astronauta, tenho tantas perguntas a fazer!?” onde puderam brincar com a temática e, inclusive, vestir um fato espacial.

Recorde-se que a missão Apollo 11 foi lançada às 9:32 horas (14.32 horas em Portugal) a 16 de Julho de 1969, do Centro Espacial John F. Kennedy, situada no cabo Canaveral, na Florida, levando três astronautas (Neil Armstrong, o comandante; Edwin Buzz Aldrin, o piloto do módulo lunar; e Michel Collins, o piloto do módulo de comando).
O lançamento foi feito com o foguetão Saturno V, ainda hoje o mais potente foguetão alguma vez construído.
E é assim que às 16:18 (21:18, hora em Portugal) o módulo lunar ‘Eagle’ aluna no Mar da Tranquilidade, 4 dias, 6 horas e 46 minutos após o lançamento.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.