Correio do Minho

Braga, segunda-feira

Prémios enaltecem mérito de alunos das escolas da Póvoa de Lanhoso
Empresas impedidas de aferir tacógrafos obrigam clientes a ir a Espanha

Prémios enaltecem mérito de alunos das escolas da Póvoa de Lanhoso

Freguesia de Gualtar não quer alunos deslocados

Cávado

2019-06-16 às 06h00

Lurdes Marques

O Theatro Club serviu de palco para os alunos povoenses brilharem na cerimónia de entrega de Prémios de Mérito António Lopes - uma iniciativa promovida pelo Município da Póvoa de Lanhoso, em parceria com os agrupamentos do concelho.

O Theatro Club da Póvoa de Lanhoso acolheu, na noite de sexta-feira, a cerimónia de entrega dos Prémios de Mérito António Lopes, numa iniciativa do Município, em parceria com os agrupamentos de escolas do concelho.
Uma noite de tributo, de reconhecimento e de exaltação àquele que foi o maior filantropo das Terras da Maria da Fonte – António Ferreira Lopes.
Instituído no ano lectivo de 2006/2007, o prémio, e como explicou a vereadora da Educação, Gabriela Fonseca, é atribuído ao melhor aluno de cada turma do quarto ano do primeiro ciclo, que durante o ano se destacou, tendo em conta o aproveitamento global, relações interpessoais, interesse e motivação, responsabilidade, autonomia, iniciativa, criatividade e assiduidade.

“Hoje, a Póvoa de Lanhoso tem escolas completamente equipadas com bibliotecas e dota a espécie de novas tecnologias que permitem a diversificação das estratégias de ensino, aprender e testar os conhecimentos de forma mais atractiva e divertida, ou seja, correspondemos às necessidades manifestadas pelos alunos e não estamos atrás de qualquer outra escola das grandes cidades do país, bem pelo contrário”, revelou a vereadora e vice-presidente do Município da Póvoa de Lanhoso, Gabriela Fonseca.

Para a directora do Agrupamento de Escolas Gonçalo Sampaio, Luísa Rodrigues, o trabalho desenvolvido nas escolas passa por aliar conhecimentos, capacidade e atitudes. Hoje em dia, e como explicou aquela responsável, é preciso ‘saber fazer e saber ser’.
José Ramos, do Agrupamento da Póvoa de Lanhoso, vincou que os prémios resultam de muito trabalho, esforço e perseverança dos alunos. Reconhecer o mérito dos alunos é, para o presidente de Câmara, Avelino Silva, um acto de justiça.

O autarca referiu que o trabalho desenvolvido pela autarquia passa por criar todas as condições para que os alunos tenham a melhor educação e formação. O autarca realçou também o grande investimento em escolas de qualidade e no processo educativo.
A iniciativa foi abrilhantada pelo grupo de ballet da Associação em Diálogo e pelos alunos do ensino articulado de música do Agrupamento Gonçalo Sampaio.
Um documentário da autoria do historiador José Abílio Coelho deu a conhecer a vida e obra de António Lopes.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.