Correio do Minho

Braga, quarta-feira

Prolongada até final do mês vigilância dos militares em Santa Luzia que já efetuou 110 missões
Espectáculo para escolas divulga história e identidade de Braga

Prolongada até final do mês vigilância dos militares em Santa Luzia que já efetuou 110 missões

Trio de provas eleva Vizela a capital do atletismo

Alto Minho

2018-10-18 às 20h11

Redacção

Os militares estão, assim, a realizar operações de vigilância mantendo permanentemente informadas as entidades responsáveis (CODIS, Bombeiros Municipais de Viana do Castelo) e comunicando, de imediato, qualquer ocorrência digna de registo. Esta vigilância, iniciada a 9 de julho, pretende ser preventiva de incêndios nos quase 30 quilómetros quadrados de extensão da Serra de Santa Luzia.

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, José Maria Costa, assinou hoje um protocolo de colaboração com a Escola dos Serviços (ES) do Exército Português para prolongar, até final de outubro, a vigilância na serra de Santa Luzia por parte dos militares, que está a acontecer pelo oitavo ano consecutivo.

O protocolo foi assinado entre o Coronel da Administração Militar, Armando Ferreira, e o Presidente da Câmara Municipal, para a vigilância de Santa Luzia, a defesa da floresta e melhoria das condições de vida das populações.
Durante este período, a Escola dos Serviços disponibiliza uma viatura e militares para operações de vigilância e para informar as entidades responsáveis da Proteção Civil sobre ocorrências. Até hoje, o protocolo já trouxe à Serra de Santa Luzia 250 militares, que efetuaram 110 missões.

Os militares estão, assim, a realizar operações de vigilância mantendo permanentemente informadas as entidades responsáveis (CODIS, Bombeiros Municipais de Viana do Castelo) e comunicando, de imediato, qualquer ocorrência digna de registo. Esta vigilância, iniciada a 9 de julho, pretende ser preventiva de incêndios nos quase 30 quilómetros quadrados de extensão da Serra de Santa Luzia.

Para o autarca, o protocolo é um excelente exemplo da cooperação institucional entre o Exército Português e as autarquias, tendo sido fator relevante na dissuasão dos incêndios e excelente contributo para a prevenção de incêndios florestais em Viana do Castelo.

Face aos bons resultados, o Presidente da Câmara já solicitou a continuação do projeto para o próximo ano. Desde 2010, ano em deflagraram variados incêndios naquela área do concelho, que os militares vigiam Santa Luzia durante o verão. Através do protocolo, a Câmara Municipal assegura o apoio logístico e contactos.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.