Correio do Minho

Braga, terça-feira

Ricardo Rio representa Observatório Internacional de Democracia Participativa em Bilbau
Fernando Pimenta vence prova na China

Ricardo Rio representa Observatório Internacional de Democracia Participativa em Bilbau

“A Universidade do Minho gosta de alunos pró-activos e criativos”

Economia

2018-06-13 às 13h40

Redacção

O Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, participou esta Terça-feira, 12 de Junho, na conferência anual do Conselho dos Municípios e Regiões da Europa (CMRE), que decorreu em Bilbau e que reuniu centenas de cidades e organizações de mais de 90 países.

O Presidente da Câmara Municipal de Braga, Ricardo Rio, participou esta ontem, 12 de Junho, na conferência anual do Conselho dos Municípios e Regiões da Europa (CMRE), que decorreu em Bilbau e que reuniu centenas de cidades e organizações de mais de 90 países.

No encontro que teve como lema 'Igualdade, Diversidade e Inclusão', o Autarca Bracarense interveio na qualidade de representante do Observatório Internacional de Democracia Participativa (OIDP), do qual Braga é membro.

Ricardo Rio participou no painel 'Democracia inovadora e governo aberto: guia activo para a cidadania inclusiva' que contou ainda com as intervenções da representante do Conselho da Europa, Alina Tatarenko, do presidente da Associação de Municípios de França, Phillipe Laurent, da presidente da cidade de Waterland e membro da Associação de Municípios da Holanda, Luzette Kroon, e do vereador da cidade de Madrid, Pablo Soto Bravo.
Este painel foi moderado pela Secretária Geral da organização Cidades Unidas e Governos Locais (UCLG), Emilia Saiz.

A defesa de diferentes modelos participativos foi o mote da intervenção de Ricardo Rio, que fez ainda uma apresentação do OIDP durante o congresso. "A democracia participativa está cada vez mais presente na vida das cidades e não encontramos um modelo único, pois observamos diversas práticas muito abrangentes", afirmou Ricardo Rio.

A este propósito, o Autarca recordou as diversas distinções que o OIDP atribuiu desde 2006, "como a cidade de La Paz, na Bolívia, que ganhou a Distinção de Democracia Participativa de 2017, com um projecto de intervenção social nos bairros mais carenciados onde é a própria comunidade que escolhe os investimentos públicos a serem feitos, ou o projecto de democracia participativa de Madrid, mais tradicional e que venceu o prémio em 2012".

Na ocasião, Ricardo Rio deu ainda testemunho do trabalho que Braga tem vindo a realizar desde 2013 na área da democracia participativa e na promoção de uma cidadania activa. "Assumimos desde o início da nossa gestão esta prioridade e hoje, passados 5 anos, temos um projecto de democracia participativa consolidado, com o Orçamento Participativo, o Orçamento Participativo Escolar e o 'Tu Decides', além de outros instrumentos", afirmou o Autarca.

Durante as suas intervenções, Ricardo Rio defendeu ainda que "as cidades precisam ter mecanismos de auscultação das pessoas, seja através de ferramentas digitais para receber os contributos dos cidadãos, seja com a criação de diversos espaços de intervenção, nomeadamente os Conselhos Municipais de Cultura, Juventude ou Educação."

Ricardo Rio destacou também a importância da partilha de boas práticas na gestão das cidades, dando conta da intervenção que Braga tem tido em organizações com a OIDP, a EUROCITIES ou a Rede Internacional de Cidades Interculturais.

Neste encontro anual do Conselho dos Municípios e Regiões da Europa Neste, que reuniu organizações de todo o mundo, o destaque foi para conferência da Prémio Nobel da Paz em 1992, Rigoberta Menchú, além de diversas intervenções de representantes da União Europeia e do governo do País Basco. 

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.