Correio do Minho

Braga, quinta-feira

- +
Romaria do Alívio é cartaz do concelho
TUB aumentam passageiros e vendas

Romaria do Alívio é cartaz do concelho

Roadshow digital e tecnológico da Fundação Altice chega a Vila Nova de Cerveira

Romaria do Alívio é cartaz do concelho

Cávado

2019-09-16 às 06h00

Miguel Viana Miguel Viana

Santuário de Nossa Senhora do Alívio é frequentado por milhares de pessoas durante todo o ano. Ontem foi a peregrinação anual que contou com a presença de todas as paróquias do concelho. D. Jorge Ortiga, desafia igreja a ir ao encontro dos jovens, na Missa Campal da Romaria e Peregrinação de Nossa Senhora do Alívio. Jovens são incentivados a tornarem-se protagonistas da nova forma de ser Igreja.

“Um verdadeiro cartaz do concelho de Vila Verde”, foi como o presidente da Câmara Municipal vilaverdense, António Vilela, definiu a Romaria e Peregrinação da Nossa Senhora do Alívio, que ontem contou com a presença de milhares de pessoas.
“Este evento mostra a religiosidade das pessoas. Mantêm-se e preserva-se as tradições e se agrega todas as paróquias em torno de um objectivo comum”, disse António Vilela.
O autarca vilaverdense considerou que a romaria e peregrinação “é uma homenagem à Senhora do Alívio” de um “povo que ainda mantém a sua fé”.

A presença de milhares de pessoas do concelho de Vila Verde, e de localidades vizinhas, significa, no entender do autarca, que a romaria “é também um grande cartaz da Senhora do Alívio e do concelho de Vila Verde. A Senhora do Alívio traz, durante todo o ano, muitos peregrinos que fazem aqui os seus convívios”.
Assumindo-se como devoto da Senhora do Alívio, António Vilela lembrou que o santuário da Senhora do Alívio “é a porta de Vila Verde. Quem entra em Vila Verde, vindo de Sul, depara-se com este postal da Senhora do Alívio e fica com uma imagem muito positiva do que é o concelho de Vila Verde”.

A vereadora da Educação e Cultura da Câmara Municipal de Vila Verde, Júlia Fernandes, assumiu-se como uma peregrina de Nossa Senhora do Alívio. “Para mim é um dia de fé, porque sou uma pessoa com muita fé. Estou muito grato por tudo aquilo que temos e que a Senhora do Alívio nos dá”, indicou Júlia Fernandes.
O dia de ontem começou com uma missa no Santuário de Nossa Senhora do Alívio, após a qual os estandartes das paróquias partiram das igrejas de Vila Verde e de Soutelo. O ponto de encontro foi o santuário.

Arcebispo desafia igreja a ir ao encontro dos jovens

“Jovens e adultos protagonizam a renovação que pretendemos e esperamos” para a Igreja. As palavras foram proferidas ontem pelo Arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga, na Missa Campal da Romaria e Peregrinação de Nossa Senhora do Alívio.
Falando aos milhares de pessoas que se encontravam no terreiro em frente ao santuário do Alívio, D. Jorge Ortiga recordou as palavras do Papa Francisco, que revela que “são precisamente os jovens que a podem ajudar a manter-se jovem, a não cair na corrupção, a não desistir, a não se orgulhar, a não se converter em seita, a ser mais pobre e testemunhal, a estar próximo dos últimos e dos descartados, a lutar pela justiça, a deixar-se interpelar com a humildade”.

O Arcebispo de Braga prometeu “privilegiar uma atenção particular aos jovens. Não instrumentalizamos os jovens mas queremos que se tornem protagonistas do novo ser e viver em Igreja. Se queremos sair em missão com alegria, como nos exige o Programa Pastoral, não nos podemos entrincheirar nos nossos espaços e esquemas de uma pastoral concebida por adultos. Urge inventar modos e maneiras para que os jovens se sintam em casa e manifestem alegria de serem Igreja”, afirmou D. Jorge Ortiga.

O chefe da Igreja Católica em Braga considerou que ‘ir ao encontro dos jovens é a nossa opção pastoral”. Para isso, D. Jorge Ortiga desafiou as paróquias a irem ao encontro dos jovens. “Em primeiro lugar, deveremos ser ousados na convocação, no chamamento, ir onde eles se encontram. Depois, com eles, teremos de desenvolver caminhos de amadurecimento da experiência cristã, centrando-nos sempre na felicidade de experimentar uma amizade crescente com Cristo, que, posteriormente, dará sentido a todas as outras opções.
Que a Senhora do Alívio faça com que todas as paróquias, deste arciprestado e dos outros, se entusiasmem pela descoberta de caminhos novos para o trabalho com jovens”.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.