Correio do Minho

Braga, sábado

Semana da Mobilidade de Guimarães com mais de 100 actividades
Twine Wine & Tapas aposta na simbiose perfeita entre vinho e a gastronomia

Semana da Mobilidade de Guimarães com mais de 100 actividades

Gabriela Albergaria vai ‘Desencaminharte’ em Cerveira

Vale do Ave

2018-09-17 às 06h00

Redacção

Festival ‘Green Week 2018’ promove vários eventos no centro da cidade, até ao próximo dia 23. Objectivo é promover a defesa do meio ambiente e a sustentabilidade ambiental.

Mais de 100 actividades marcam, até ao próximo dia 23, a programação da iniciativa ‘Green Week 2018’. O evento integra a Semana Europeia da Mobilidade, que tem como tema a ‘Multimodalidade’.
O objectivo é  alertar para a importância da utilização de diferentes modos (ou meios) de transporte na mesma viagem, como forma de tornar o setor dos transportes mais ecológico, seguro e eficiente.

As actividades de educação ambiental, com destaque para o ‘Mercadinho Biológico’, ‘O Espaço Casa das Brincadeiras’ ou o projecto ‘EducaBicla’, têm como palco central a Alameda de S. Dâmaso, no centro da cidade.
Integrado ainda no programa da Green Week 2018, o coreto da Alameda recebe 13 concertos musicais ao longo de quatro dias (nos dias 20, 21, 22 e 23), dando destaque a projectos locais e alguns nomes do panorama na-cional com os ‘West Coast Man’, ‘El Señor’, ‘Mister Roland’, ‘Atlantic Percussion Group’, ‘Ruído Vário Vário’ (Luca Argel, Ana Deus + Fernando Pessoa), Joana Espadinha, ‘L MANTRA’, Joana Barra Vaz, , Emmy Curl, Concerto Ana, Tio Rex e Gobi Bear.

O festival ambiental de Guimarães (Green Week) é uma iniciativa de sensibilização e consciencialização para a sustentabilidade ambiental, a qual tem como objectivo envolver e mobilizar a população para os desígnios e os planos de desenvolvimento sustentável do território de Guimarães.
Assim, através da música, de tertúlias, debates, acções demonstrativas, exposições, actividades pedagógicas, desporto e outras actividades de âmbito cultural e artístico, é possível sensibilizar, envolver e mobilizar a comunidade para um objectivo comum: mobilizar a comunidade para a defesa do ambiente e para a promoção do desenvolvimento sustentável.
Estas acções estão sempre interligadas com as mais diversas áreas, conceitos e indicadores ambientais, como a promoção da natureza e da biodiversidade, a qualidade do ar e da água, a mobilidade sustentável, a economia circular ou o clima.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.