Correio do Minho

Braga, quinta-feira

Tribunal da Relação de Guimarães condena juiz por crime de violência doméstica
Póvoa de Lanhoso trabalha princípios da Cidade Educadora com as crianças

Tribunal da Relação de Guimarães condena juiz por crime de violência doméstica

Vizela assinou escritura de constituição do direito de superfície a favor do CCR Montesinhos

Casos do Dia

2018-09-17 às 20h22

Redacção

O Tribunal da Relação de Guimarães condenou hoje a um ano e meio de prisão, com pena suspensa, um juiz de Vila Nova de Famalicão pelo crime de violência doméstica.

O Tribunal da Relação de Guimarães condenou hoje a um ano e meio de prisão, com pena suspensa, um juiz de Vila Nova de Famalicão pelo crime de violência doméstica.
O arguido foi ainda condenado a pagar uma indemnização de 7.500 euros à ex-companheira.
Em causa estão mensagens de telemóvel e e-mail que o arguido enviou à ex-companheira, inconformado com o facto de esta ter, em 2011, terminado o relacionamento de quatro anos.
O mesmo juiz já tinha sido também condenado pelo Tribunal da Relação de Guimarães a uma pena de multa por um crime de falsidade de testemunho, num processo que envolvia igualmente a sua ex-companheira.

Deixa o teu comentário

Usamos cookies para melhorar a experiência de navegação no nosso website. Ao continuar está a aceitar a política de cookies.

Registe-se ou faça login

Com a sessão iniciada poderá fazer download do jornal e poderá escolher a frequência com que recebe a nossa newsletter.




A 1ª página é sua personalize-a

Escolha as categorias que farão parte da sua página inicial.

Continuará a ver as manchetes com maior destaque.